Busca avançada
Ano de início
Entree

Dê aos animais o que eles preferem: validação de um índice de preferência por meio de testes de esforço

Processo: 12/06104-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Gilson Luiz Volpato
Beneficiário:Caroline Marques Maia
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/24433-0 - Importância da preferência por itens ambientais para a truta arco-íris, Oncorhynchus mykiss, BE.EP.DR
Assunto(s):Estresse em animal   Bem-estar do animal   Bem-estar   Hábito alimentar animal   Ingestão de alimentos   Agressão

Resumo

Os testes de preferência têm sido usados e propostos na literatura para identificação de condições de conforto para os animais. Nesses testes, as preferências dos animais são geralmente inferidas de escolhas num momento. Além disso, as escolhas são detectadas para um grupo de animais e não no nível individual. No entanto, recentemente nós demonstramos (Maia, 2012) que escolhas são diferentes de preferências em peixes (preferências são escolhas consistentes ao longo do tempo). Nós encontramos também uma considerável variabilidade intra e interespecífica nas respostas de escolha. Um passo seguinte nesta problemática é saber se as condições que os peixes preferem (consistentemente ao longo dos dias) condiz com a motivação que despenderia para obtê-las. Investigaremos essa questão no peixe Tilápia-do-Nilo (Oreochromis niloticus), uma espécie territorial que defende território contra intrusos. Primeiramente, aplicaremos testes de escolha por 10 dias consecutivos (condição definida em Maia, 2012) para determinar as condições de escolha e de preferência de cada indivíduo. Escolhas e preferências serão investigadas em relação a cores ambientais (4 cores), que mostrou ser adequada para tais testes nesta espécie (Maia 2012). Então, aplicaremos testes de motivação para avaliar o quanto o peixe se esforça para obter sua condição de preferência comparada com sua condição de escolha. Esse teste consistirá na apresentação de itens de escolha (preferido e não preferido, vistos nos testes acima) separados dos animais por portas que apenas se abrem parcialmente, sem permitir que o peixe acesse o item. A motivação para o item será avaliada a partir do número de vezes que o peixe força essas portas. Estimamos um mínimo de 15 peixes. Adicionalmente, investigaremos esta mesma questão em outros peixes e também em relação a motivação por meio de esforço psicológico (adentrar-se em ambiente com estímulo aversivo - ambiente aberto) para atingir o item preferido. Estes testes serão conduzidos no programa BEPE, nos Estados Unidos, nos laboratórios da Dra. Victoria Braithwaite. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Cores vibrantes aumentam apetite em peixes  

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MAIA, CAROLINE MARQUES; VOLPATO, GILSON LUIZ. Preference index supported by motivation tests in Nile tilapia. PLoS One, v. 12, n. 4 APR 20 2017. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MAIA, Caroline Marques. Dê aos animais o que eles preferem validação de um índice de preferência por meio de testes de esforço. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Botucatu)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.