Busca avançada
Ano de início
Entree

Euglenophyta de águas continentais do Estado de São Paulo: Inventário Taxonômico

Processo: 12/06683-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo de Mattos Bicudo
Beneficiário:Gabrielle Joanne Medeiros Araujo
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):São Paulo   Flora   Fitoplâncton

Resumo

O projeto é parte do inventário taxonômico do Estado de São Paulo e integra o Projeto Temático "Flora Ficológica do Estado de São Paulo". Serão feitas a identificação, a descrição e a catalogação da flórula de algas pigmentadas e incolores da Divisão Euglenophyta a partir da análise das unidades amostrais tombadas no Herbário Científico do Estado "Maria Eneyda P. Kauffmann Fidalgo" (SP) e de materiais previamente publicados que incluam possibilidade de re-identificação. Novas coletas serão providenciadas sempre que houver necessidade de mais material ou material vivo para complementação da taxonomia. Os estudos sobre os euglenóides de São Paulo iniciaram na década dos anos 60 do século passado, através de nove trabalhos realizados por Boris Vassilievich Skvortzov. Seguiram nas décadas de 80 e 90, com oito trabalhos feitos por Míriam Borges Xavier e foram retomados, recentemente, em quatro artigos publicados por Carlos Eduardo de Mattos Bicudo. No entanto, a maioria desses trabalhos refere-se a amostras coletadas no Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, o que torna absolutamente necessária a realização de uma flora que contemple material de todo o Estado. Embora os euglenóides possuam ampla distribuição geográfica em nível mundial e já tenham sido pesquisados à exaustão, sua taxonomia ainda é assunto de bastante discussão. Nas últimas décadas, trabalhos foram publicados utilizando técnicas da biologia molecular, no intuito de elucidar questões taxonômicas e filogenéticas do grupo. Contudo, a maioria deles se absteve de resolver, na prática, as questões taxonômicas deles próprios originadas, deixando uma grande lacuna a ser preenchida pelos trabalhos de flora e revisão que incluam a nova nomenclatura de gêneros e espécies. Neste contexto, o objetivo deste projeto será fazer o levantamento taxonômico das Euglenophyta pigmentadas e incolores que ocorrem no Estado de São Paulo, tendo como base os critérios propostos a partir dos estudos clássicos de morfologia, porém, atualizados em conformidade com as proposições dos trabalhos filogenéticos recentes.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GABRIELLE JOANNE MEDEIROS ARAUJO; CARLOS EDUARDO DE MATTOS BICUDO. Euglenophyceae de águas continentais do Estado de São Paulo: gênero Lepocinclis Perty emend. Marin & Melkonian in Marin et al.. Hoehnea, v. 44, n. 2, p. -, Abr. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.