Busca avançada
Ano de início
Entree

Taxonomia de gastrópodes (Mollusca) associados às algas pardas do gênero Sargassum c. Agardh, 1820 (Sargassaceae) do Canal de São Sebastião e Ubatuba, litoral norte do estado de São Paulo

Processo: 12/09374-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Flávio Dias Passos
Beneficiário:Pedro Augusto dos Santos Longo
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Gastropoda   Zoologia (classificação)

Resumo

O fitobentos apresenta grande importância ecológica para a manutenção do equilíbrio dos ecossistemas marinhos, pois está entre os principais organismos produtores destes ambientes. As algas servem de abrigo e refúgio para uma fauna bastante diversa e abundante, que representa vários níveis tróficos nas cadeias alimentares marinhas. A interação estabelecida entre estes dois componentes, associada aos fatores bióticos e abióticos que a regula, caracteriza um Ecossistema de Fital. Dentre a fauna de invertebrados de fital, a malacofauna apresenta posição de destaque tanto em relação à abundância quanto à diversidade, sendo que, nesta, a predominância é de gastrópodes, os quais são importantes assimiladores de energia neste ambiente. São poucos os trabalhos realizados no Brasil evidenciando a fauna de gastrópodes de fital, e, apesar de alguns táxons serem recorrentes e abundantes, como por exemplo, os gêneros Anachis H. Adams & A. Adams, 1853 e Eulithidium Pilsbry, 1898 (= Tricolia Risso, 1826), a diversidade de táxons encontrada é grande, sendo o conhecimento sobre a maioria das espécies ainda muito restrito. Assim, o principal objetivo deste estudo será o de contribuir na área da taxonomia de gastrópodes associados a bancos da alga parda do gênero Sargassum. O material de estudo é proveniente de coletas realizadas no Canal de São Sebastião e em praias do litoral de Ubatuba, SP. Este estudo será feito através da análise do material sob estereomicroscópio, identificação dos indivíduos com auxílio da literatura adequada e ilustração dos melhores exemplares através de fotografias e pela MEV. O material estudado será depositado no Museu de Zoologia da Unicamp. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS LONGO, PEDRO AUGUSTO; FERNANDES, MARJORIE CATTANEO; PEREIRA LEITE, FOSCA PEDINI; PASSOS, FLAVIO DIAS. Gastropoda (Mollusca) associated to Sargassum sp beds in Sao Sebastiao Channel - Sao Paulo, Brazil. Biota Neotropica, v. 14, n. 4 OCT-DEC 2014. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.