Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças nos estoques de carbono e nitrogênio do solo em função da mudança de uso da terra no Pará: estimativas e incertezas

Processo: 11/22310-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo Pellegrino Cerri
Beneficiário:Mariana Regina Durigan
Supervisor no Exterior: Stephen M. Ogle
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Colorado State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/04269-9 - Mudanças nos estoques de carbono e nitrogênio do solo em função da conversão do uso da terra no Pará, BP.MS
Assunto(s):Matéria orgânica do solo   Uso do solo   Carbono   Nitrogênio   Amazônia

Resumo

O solo é o maior reservatório terrestre de carbono e qualquer alteração realizada neste compartimento pode potencializar o aquecimento global. Sendo assim, a conversão de sistemas naturais para outros sistemas de uso da terra é considerada como a principal causa de emissão de C e N para a atmosfera. Porém, existe uma grande variabilidade nos atributos do solo, nas condições climáticas e no histórico de uso da terra de cada região, e por isso existe uma série de incertezas associadas às estimativas dos estoques de C e N do solo e principalmente, à suas mudanças. Sendo assim torna-se necessário realizar análises de incertezas para eliminar as interferências de parâmetros desconhecidos e desenvolver uma análise empírica baseada em estimativas de incertezas para simular os estoques de C e N de maneira com que os resultados possam ser confiáveis. Neste sentido a presente proposta tem como objetivo estimar as mudanças nos estoques de C e N do solo devido às mudanças no uso da terra e sistemas de manejo no estado do Pará utilizando dados específicos da região, e realizar a análise de incerteza destas estimativas mediante o método de Monte Carlo, o qual é adotado pelo IPCC. Para tanto, foram calculados os estoques de C e N do solo para os principais sistemas de uso da terra presentes na região leste da Amazônia, e será realizada a estimativa das incertezas associadas a cada componente (C e N de referência, dados de uso da terra e fatores de emissão ou remoção) envolvido na estimativa das emissões de C e N do solo, como também, a incerteza total. Com base nos resultados obtidos será possível estimar as mudanças nos estoques de C e N do solo devido às mudanças de uso da terra na região de Santarém - PA, através de uma múltipla escala de sítios individuais para uma escala regional e nacional e, consequentemente, será possível elaborar relatórios sobre a emissão e sumidouros de gases do efeito estufa e auxiliar na escolha de melhores práticas de manejo na região. (AU)