Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias econômicas e políticas nos projetos de requalificação urbana em la Plaine Saint-Denis, Paris

Processo: 12/05347-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Pesquisador responsável:Gloria da Anunciacao Alves
Beneficiário:Lívia Maschio Fioravanti
Supervisor no Exterior: Martine Droulers
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, França  
Vinculado à bolsa:10/03073-0 - Do lugar às contradições espaciais: estratégias e conflitos a partir da operação urbana Butantã-Vila Sônia,São Paulo, BP.MS
Assunto(s):Geografia urbana   Planejamento territorial urbano   Renovação urbana   Parceria público-privada

Resumo

São muitos os estudos acadêmicos sobre os projetos de requalificação urbana nas metrópoles e suas implicações sócio espaciais. Entretanto, as estratégias constantemente renovadas na articulação entre o plano econômico e o plano político, como resposta às necessidades de acumulação do capital, exigem estudos geográficos pari passu à elaboração e execução dos projetos urbanísticos. A relevância desses estudos torna-se ainda maior uma vez que as intervenções elaboradas pelo Estado e pela iniciativa privada incidem diretamente nas relações sócio espaciais (sendo também modificadas por elas) e geram conflitos que devem ser desvendados. A generalização em escala mundial dos projetos de requalificação urbana nas metrópoles traz novos conteúdos ao processo de urbanização contemporâneo. As estratégias do Estado e do capital passam a ser responsáveis por uma intensidade cada vez maior das transformações espaciais das metrópoles. Como as dinâmicas sócio espaciais em certos lugares das metrópoles vinculam-se a processos mais amplos, é possível relacionar, articulando escalas geográficas, as transformações nos lugares estudados em nossa Pesquisa de Mestrado (na qual elencamos três fragmentos atingidos pela Operação Urbana Butantã-Vila Sônia) a processos espaciais da metrópole paulistana como um todo. Esses processos são ligados, por sua vez, a transformações globais, as quais também se concretizam em outros lugares de demais cidades. Assim, os desdobramentos espaciais analisados sobre a Operação Urbana Butantã-Vila Sônia inserem-se na realidade da metrópole de São Paulo, cuja urbanização contém processos concretos vinculados às atuais características mundiais da reprodução capitalista. Como objetivo de nosso estudo, compreenderemos de que modo os projetos de requalificação urbana incidentes na região de La Plaine Saint - Denis, no subúrbio norte de Paris, articulam-se às atuais estratégias políticas e econômicas globais de intervenção no espaço urbano. Na medida em que essas estratégias são responsáveis por outros projetos com lógicas bem semelhantes em outras cidades mundiais, ampliaremos nosso estudo de características específicas de São Paulo para articulá-las de forma mais precisa, a partir de Paris e particularmente de Saint-Denis, ao nível de análise mundial baseando-nos nos traços em comum às grandes metrópoles do período contemporâneo. Se em nossa Pesquisa de Mestrado analisamos a dinâmica urbana por meio do estudo de processos desenvolvidos em um fragmento específico de São Paulo, não podemos perder de vista a totalidade do urbano, articulando os processos locais com os globais. Buscando compreender esses processos globais e articular os níveis de análise político e econômico, realizaremos leituras de cunho teórico-metodológico e faremos um levantamento bibliográfico e um plano de leituras nas bibliotecas em Paris sobre obras que se debruçam sobre a temática dos processos de requalificação urbana. Apenas conseguiremos, no entanto, vislumbrar a metrópole e o mundial nos lugares cujos processos são objetos do estudo se realmente apreendermos as relações concretas que se realizam nestes lugares, sem autonomizá-los em relação ao conjunto dos espaços metropolitanos. A realização de trabalhos de campo em Saint-Denis será fundamental, neste sentido, por permitir a confrontação de dados e informações e apreensão do movimento concreto das transformações sócio espaciais do lugar. A partir de nossos objetivos e hipóteses iniciais e de nosso desvendamento bibliográfico e em trabalhos de campo, buscaremos, assim, um entendimento possível, a partir dos processos observados em Saint-Denis, das estratégias econômicas e políticas globais dos projetos de requalificação urbana nas metrópoles. Esses projetos urbanísticos, por apresentarem lógicas e implicações similares na escala dos lugares, permitem relacionar os processos sócio espaciais analisados na Operação Urbana Butantã-Vila Sônia com aqueles que pretendemos estudar em La Plaine Saint-Denis. (AU)