Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da neurotransmissão serotoninérgica sobre a dor neuropática induzida por oxaliplatina em camundongos

Processo: 12/06009-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Azair Liane Matos Do Canto de Souza
Beneficiário:Daniela Baptista de Souza
Supervisor no Exterior: Carla Ghelardini
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Firenze, Itália  
Vinculado à bolsa:09/17938-6 - Papel dos receptores serotoninérgicos da substância cinzenta periaquedutal sobre a antinocicepção de camundongos confinados aos braços abertos do labirinto em cruz elevado, BP.DD
Assunto(s):Fluoxetina   Serotonina

Resumo

Evidências clínicas e experimentais demonstram uma intrínseca relação entre alguns quadros dolorosos e distúrbios emocionais. Neste sentido, pacientes em tratamento oncológico são um grupo extremamente vulnerável a distúrbios afetivos devido a sua condição patológica, ou ainda, como consequência das terapêuticas utilizadas no tratamento. A oxaliplatina (OXL) um antineoplásico de segunda geração, tem sido empregado como tratamento de primeira linha para alguns tipos específicos de câncer (colorretal e ovarianos). A OXL apresenta menos efeitos colaterais graves, quando comparado a outros quimioterápicos, entretanto o efeito adverso mais observado é a toxicidade neurológica ou neuropatia periférica. A dor neuropática, semelhante ao que ocorre em diferentes tipos de dor crônica, desencadeia ativação de regiões do sistema nervoso central (SNC) que modulam as reações afetivas a dor, como núcleo central da amídala, substância cinzenta periaquedutal e áreas do córtex cerebral relacionadas às emoções. A neurotransmissão serotoninérgica a partir de suas projeções dos núcleos da rafe estaria envolvida nos mecanismos relacionados à dor neuropática, tanto em sua projeção para estruturas do SNC citadas acima, ou ainda às vias projetadas ao corno dorsal da medula espinhal. Desta forma, a administração de compostos que atuam nas vias serotoninérgicas tem sido utilizada em estudos que buscam esclarecer os mecanismos envolvidos na modulação da dor. Assim, considerando as evidências sugestivas do possível papel analgésico da fluoxetina em roedores, este estudo visa avaliar os efeitos comportamentais e moleculares desencadeados pelos tratamentos (agudo e crônico) com fluoxetina sobre a dor neuropática induzida pela oxaliplatina. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BAPTISTA-DE-SOUZA, DANIELA; MANNELLI, LORENZO DI CESARE; ZANARDELLI, MATTEO; MICHELI, LAURA; NUNES-DE-SOUZA, RICARDO LUIZ; CANTO-DE-SOUZA, AZAIR; GHELARDINI, CARLA. Serotonergic modulation in neuropathy induced by oxaliplatin: Effect on the 5HT(2C) receptor. European Journal of Pharmacology, v. 735, p. 141-149, JUL 15 2014. Citações Web of Science: 10.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.