Busca avançada
Ano de início
Entree

A forma e os movimentos dos planetas no sistema solar: análise das potencialidades de uma proposta centrada na espacialidade

Processo: 12/06096-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Pesquisador responsável:Cristina Leite
Beneficiário:Flávia Polati Ferreira
Supervisor no Exterior: Néstor Eduardo Camino
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad Nacional de la Patagonia San Juan Bosco, Comodoro Rivadavia (UNPSJB), Argentina  
Vinculado à bolsa:11/05536-0 - A forma e os movimentos dos planetas no sistema solar: uma proposta para a formação do professor de ciências em astronomia, BP.MS
Assunto(s):Formação de professores   Planetas   Sistema solar

Resumo

O Sistema Solar é um dos temas da Astronomia mais abordados em sala de aula por professores de Ciências do ensino fundamental e se encontra presente na maioria dos livros didáticos nacionais. A dificuldade tanto de professores quanto de estudantes na compreensão da forma, dos tamanhos, e dos movimentos dos objetos celestes, amplamente relatada por pesquisas recentes da área, indica a necessidade de se elaborar propostas de ensino que articulem os conteúdos de Astronomia às peculiaridades deste conhecimento, como é o caso da noção espacial. Esta proposta visa estudar aspectos do ensino-aprendizagem de conteúdos de Astronomia com foco no tema específico "A forma e os movimentos dos planetas no Sistema Solar". A partir dos dados obtidos com o curso de formação de professores de Ciências da Rede Pública do Estado de São Paulo pretendemos analisá-los e para isso construir categorias que aprofundem na compreensão do processo de ensino-aprendizagem dos conceitos de forma e movimento dos planetas do Sistema Solar. A análise das atividades será centrada nas características fundamentais para a construção da noção da espacialidade, segundo Piaget & Inhelder (1993), Jammer (2010), Santos (2002), Bachelard (2010) assim como para a construção da noção de gravidade, segundo Camino (2006), conceitos estes inerentes ao conhecimento da forma e dos movimentos dos planetas. (AU)