Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação do epitélio e fibras tipo C em processos inflamatórios alérgicos

Processo: 12/07083-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 05 de agosto de 2012
Vigência (Término): 04 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Momtchilo Russo
Beneficiário:Esther Borges Florsheim
Supervisor no Exterior: Ruslan Medzhitov
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Yale University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:08/57469-2 - Mecanismos envolvidos na indução da inflamação alérgica pulmonar pela serino protease subtilisina, BP.DD
Assunto(s):Alergia e imunologia   Epitélio   Alérgenos   Células Th2   Peptídeo hidrolases

Resumo

A prevalência e severidade de alergias está aumentando no mundo todo e fica cada vez mais claro que elas representam um conjunto de doenças complexas. Novas evidências clínicas e experimentais indicam que tanto o tecido epitelial quanto o nervoso, via fibras sensitivas tipo C, podem influenciar diretamente o desenvolvimento da inflamação alérgica. Contudo, os mecanismos celulares e moleculares responsáveis por estas interações não estão estabelecidos. Assim, o objetivo deste projeto é investigar a participação tanto do epitélio como de neurônios sensitivos no reconhecimento de alérgenos e geração de resposta Th2. Para isto, caracterizaremos as respostas alérgicas à papaína e fosfolipase A2 do veneno de abelha. A importância do epitélio será verificada a partir da injúria tecidual promovida pelos alérgenos e consequente liberação de citocinas pró-Th2: IL-25, IL-33 e TSLP. Paralelamente, a função das fibras tipo C será determinada pela geração de inflamação pelos mesmos alérgenos em animais depletados destas estruturas. Dessa maneira, esperamos obter um panorama geral das vias e sinalizações envolvidas nas respostas Th2 com a participação fundamental do epitélio e fibras tipo C. Nesse sentido a proposta é original e inovadora, pois pretende integrar conceitos básicos e possui implicações clínicas relevantes. (AU)