Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuições intrínsecas ao coeficiente de acoplamento magnetoelétrico em materiais multiferróicos monofásicos

Processo: 12/07936-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 11 de agosto de 2012
Vigência (Término): 10 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:José Antonio Eiras
Beneficiário:Barbara Maraston Fraygola
Supervisor no Exterior: Nava Setter
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : École Polytechnique Fédérale de Lausanne (EPFL), Suíça  
Vinculado à bolsa:10/11187-6 - Determinação do coeficiente de acoplamento magnetoelétrico em materiais multiferróicos monofásicos, BP.PD
Assunto(s):Ferromagnetismo   Materiais ferroelétricos   Piezoeletricidade

Resumo

Recentemente, vários researchs sobre materiais magnetoelétricos e sua evolução durante os últimos 50 anos tem sido apresentados, abordando desde a descoberta dos primeiros ferroeletromagnéticos por Smolenskii e colaboradores, nos anos 50, até os mais atuais efeitos em multiferróicos com ferroeletricidade imprópria. A teoria explica qualitativamente o efeito magnetoelétrico observado, principalmente desde o ponto de vista termodinâmico, assim como prevê novos fenômenos. Subsequentemente, novas classes de multiferróicos têm sido desenvolvidas, entre eles, materiais onde a polarização ferroelétrica é induzida por uma ordem magnética espiralada, ou por ordem eletrônica. Devido aos pequenos valores dos parâmetros de ordem medidos nestes novos tipos de materiais, as técnicas experimentais foram melhoradas. A pesar disto, deste o ponto de vista fundamental, permanecem ainda em aberto diversas questões em multiferróicos monofásicos do tipo mais simples, como materiais com estrutura perovskita.O principal objetivo deste projeto é investigar cuidadosamente os mecanismos fundamentais envolvidos no efeito magnetoelétrico. Neste sentido, tentaremos ao seu fim propor um modelo fenomenológico microscópico para este tipo de acoplamento, baseado em resultados experimentais sobre os acoplamentos individuais (magnetostricção - piezoeletricidade). As propriedades magnetoelétricas serão analisadas desde o ângulo das propriedades piezoelétricas e magnetostrictivas, na tentativa de entender como cada mecanismo individual contribui ao acoplamento e quais parâmetros influenciam o comportamento elástico. Da mesma forma, maximizando as propriedades individuais, é possível maximizar o coeficiente magnetoelétrico resultante. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SAHINI, MTABAZI G.; GRANDE, TOR; FRAYGOLA, BARBARA; BIANCOLI, ALBERTO; DAMJANOVIC, DRAGAN; SETTER, NAVA. Solid Solutions of Lead Metaniobate-Stabilization of the Ferroelectric Polymorph and the Effect on the Lattice Parameters, Dielectric, Ferroelectric, and Piezoelectric Properties. Journal of the American Ceramic Society, v. 97, n. 1, p. 220-227, JAN 2014. Citações Web of Science: 11.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.