Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização genômica de parvovírus e adenovírus caninos isolados no Brasil

Processo: 96/08233-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Aperfeiçoamento
Vigência (Início): 01 de janeiro de 1997
Vigência (Término): 30 de novembro de 1997
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Dolores Ursula Mehnert
Beneficiário:Ana Paula Spolidoro Queiroz
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Adenovirus   Endonucleases   Parvovirus   Cães

Resumo

O quadro de gastroenterite viral em cães, principalmente jovens, é impossível de ser diferenciado clinicamente, tornando fundamental o emprego de métodos de diagnóstico laboratorial para o estabelecimento da etiologia da doença. As próprias características da diarreia - catarral ou hemorrágica, também não elucidam a etiologia do quadro. Em estudo preliminar visando o isolamento e a identificação dos vírus envolvidos em casos de gastroenterite hemorrágica em cães de diferentes regiões do Brasil, foram detectados parvovírus, adenovírus, reovírus e rotavírus. Dentre estes, os agentes mais importantes são os parvovírus e os adenovírus, pois podem ocasionar quadros clínicos graves, levando os animais ao óbito. Este projeto visa determinar os tipos dos adenovírus isolados de cães com gastroenterite de diferentes regiões do Brasil no período de 1989 a 1996, com base nas características moleculares. A análise de restrição do genoma viral com endonucleases permite distinguir o CAV-1 (hepatite canina) do CAV-2 (rinotraqueíte canina), procedimento até então impossível de ser realizado através de métodos sorológicos convencionais. (AU)