Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da acessibilidade aos sítios ativos e desativação na desidratação do glicerol utilizando catalisadores zeolíticos lamelares

Processo: 12/08305-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Leandro Martins
Beneficiário:Mariana Veiga Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/01449-3 - Desenvolvimento de catalisadores heterogêneos porosos para a conversão de matérias-primas renováveis, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):13/08541-0 - Estudo da acessibilidade aos sítios ativos e desativação na desidratação do glicerol utilizando catalisadores zeolíticos lamelares, BE.EP.MS
Assunto(s):Acroleína   Catálise   Glicerol   Catálise heterogênea

Resumo

Este trabalho propõe o emprego de catalisadores lamelares ácidos na reação de desidratação do glicerol com seletividade para produtos de maior valor agregado, como a acroleína. Os catalisadores ácidos poderiam obter grande conversão de glicerol e alta seletividade para a acroleína se não fosse a deposição de coque no catalisador. Uma das motivações deste projeto é a crescente produção e demanda de biodiesel, já que o principal co-produto oriundo do processo é o glicerol. A utilização deste glicerol torna-se imprescindível para uma produção mais eficiente de biodiesel.Alguns catalisadores zeolíticos puramente microporosos ou modificados para apresentarem micro- e mesoporos em estudo no Grupo de Pesquisa em Catálise têm sido estudados na desidratação do glicerol. O projeto trata-se da dessilicação de zeólitas com estrutura MFI e entendimento da criação de mesoporos nos mecanismos de desativação destes catalisadores e seletividade a acroleína. Estes resultados motivaram o grupo a explorar as zeólitas de estrutura MWW, que permitem modificação e controle preciso de famílias de micro- e mesoporos, na desidratação do glicerol.Os catalisadores lamelares com a presença de micro e mesoporos serão sintetizados e avaliados em termos da acessibilidade dos reagentes aos sítios ácidos, conversão de glicerol e a seletividade a acroleína. Para tal espera-se evitar reações em série que induzem formação de coque e obter-se uma propriedade útil singular destes catalisadores. As zeólitas lamelares MCM-36 e ITQ-2, que apresentam duas famílias de poros, geralmente têm desempenho catalítico destacado em comparação com a MCM-22, puramente microporosa. Baseado em relatos do uso destes catalisadores em outras reações químicas, o processo de deslaminação causa perda da força dos sítios ativos, mas em contrapartida ocorre a melhora na acessibilidade aos sítios mais internos superando a desvantagem obtida com a perda da força ácida.Caracterizações estruturais e superficiais serão utilizadas para compreensão dos mecanismos envolvidos e avaliação do desempenho dos catalisadores, aplicando um amplo conjunto de técnicas experimentais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, MARIANA V.; VIGNATTI, CHARITO; GARETTO, TERESITA; PULCINELLI, SANDRA H.; SANTILLI, CELSO V.; MARTINS, LEANDRO. Glycerol dehydration catalyzed by MWW zeolites and the changes in the catalyst deactivation caused by porosity modification. APPLIED CATALYSIS A-GENERAL, v. 495, p. 84-91, APR 5 2015. Citações Web of Science: 25.
LUIZ H. VIEIRA; MARIANA V. RODRIGUES; LEANDRO MARTINS. Cristalização convencional de zeólitas e induzida por sementes. Química Nova, v. 37, n. 9, p. 1515-1524, 2014.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RODRIGUES, Mariana Veiga. Estudo da acessibilidade aos sítios ativos e desativação na desidratação do glicerol utilizando catalisadores zeolíticos lamelares. 2014. 88 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"Instituto de Quimica. Instituto de Quimica..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.