Busca avançada
Ano de início
Entree

Adaptabilidade e estabilidade temporal em dois testes de progênies de Eucalyptus camaldulensis

Processo: 12/08404-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Silvicultura
Pesquisador responsável:Mario Luiz Teixeira de Moraes
Beneficiário:Pedro Kodjaoglanian Martins Molina
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Melhoramento genético   Variação genética

Resumo

As espécies do gênero Eucalyptus têm sido consideradas de grande importância econômica, ambiental e social, devido ao seu extenso uso nos dias atuais, contribuindo para a geração de empregos, desenvolvimento do PIB, movimentação do capital e conservação dos recursos ambientais evitando o corte e abate de espécies nativas. O eucalipto, cultura comumente usada para produção de celulose, papel, carvão vegetal e madeira, possui um rápido crescimento e madeira de qualidade, com um grande poder de adaptação aos mais diversos climas, destacando o uso do E. camaldulensis por possuir tolerância ao déficit hídrico e às altas temperaturas. O melhoramento genético se torna uma peça fundamental, o qual contribuirá para seleção de cultivares dando opções de plantio para as diversas regiões com uma produção ótima esperada. Este trabalho tem como objetivo estimar parâmetros genéticos e a análise de adaptação, estabilidade e produtividade temporal em dois teste progênies de Eucalyptus camaldulensis obtidas de uma população de melhoramento genético instalada em Selvíria-MS, originárias da Austrália. Serão mensurados o DAP (circunferência a altura do peito, a 1,30 m) e a altura das árvores, sobrevivência e forma fuste. O delineamento experimental de blocos casualizados, sendo um deles de uma planta por parcela com vinte repetições e o outro de cinco plantas por parcela com quatro repetições. Os testes de progênies serão avaliados por meio do programa SELEGEN-REML/BLUP. Para o estudo de estabilidade, adaptabilidade e produtividade nos testes de progênies de Eucalyptus camaldulensis, será utilizado o método MHPRVG (média harmônica da performance relativa dos valores genéticos) preditos por BLUP.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)