Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação de mecanismos epigenéticos regulados por HIF1A e seus alvos transcritos em linhagem de meduloblastoma exposta ao ambiente de hipóxia

Processo: 12/06592-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 16 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 15 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Elvis Terci Valera
Beneficiário:Gustavo Alencastro Veiga Cruzeiro
Supervisor no Exterior: Agda Karina Brodoloni Eterovic
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Texas Health Science Center at Houston (UTHealth), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:11/04682-3 - Silenciamento do gene HIF1A em linhagem de meduloblastoma exposta ao ambiente de hipóxia, BP.MS
Assunto(s):Epigênese genética   Meduloblastoma   Anóxia   Fator 1 induzível por hipoxia

Resumo

O Meduloblastoma é o tumor cerebral de maior incidência em crianças e adolescentes e origina-se das células precursoras neurais da camada granular do cerebelo. Seu tratamento inclui cirurgia, quimioterapia e de acordo com a idade e estadiamento do tumor, radioterapia. O meduloblastoma (MB) é o tumor cerebral maligno de maior incidência em crianças e adolescentes. Trata-se de uma neoplasia de alto grau de malignidade, sendo o tratamento padrão atualmente disponível composto por cirurgia, quimioterapia e radioterapia. O uso de terapias mais efetivas, que garantam uma maior sobrevida e menos efeitos tardios relacionados ao tratamento é bastante desejável para MBs. Deste modo, a busca por novos alvos terapêuticos torna-se cada vez mais importante para o tratamento desta neoplasia na infância. Estes alvos podem estar envolvidos com a regulação homeostásica celular ou mecanismos epigenéticos que acarretam maior agressividade e letalidade ao tumor. Genes como o HIF1A (fator indutor de hipóxia), VEGF (fator de crescimento vascular endotelial), CA9 (anidrase carbônica 9) e SLCA2A1 (transporte de glicose facilitado) estão relacionados com um prognóstico desfavorável em diversos tipos de tumores humanos. O HIF1A, quando ativado, inicia a transcrição de diversos outros genes responsáveis por metástase e resistência ao tratamento. Todavia, os mecanismos regulatórios da expressão gênica de HIF1A ainda são pouco conhecidos. Neste projeto teremos como objetivo avaliar a participação de mecanismos epigenéticos na regulação da expressão de HIF1A e de alguns dos seus alvos efetores (VEGF, CA9 e SLC2A1). Pretende-se ainda e comparar o estado de metilação e a expressão destes genes em diferentes situações de hipóxia e normoxia. A metodologia de estudo incluirá o silenciamento de HIF1A na linhagem de meduloblastoma UW402 submetida à hipóxia, pirosequenciamento e methylation array pré/pós inibição genica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VEIGA CRUZEIRO, GUSTAVO ALENCASTRO; DOS REIS, MARISTELLA BERGAMO; SILVEIRA, VANESSA SILVA; PEIXOTO LIRA, REGIA CAROLINE; CARLOTTI, CARLOS GILBERTO; NEDER, LUCIANO; OLIVEIRA, RICARDO SANTOS; YUNES, JOSE ANDRES; BRANDALISE, SILVIA REGINA; AGUIAR, SIMONE; ETEROVIC, AGDA KARINA; TONE, LUIZ GONZAGA; SCRIDELI, CARLOS ALBERTO; VALERA, ELVIS TERCI. HIF1A is Overexpressed in Medulloblastoma and its Inhibition Reduces Proliferation and Increases EPAS1 and ATG16L1 Methylation. CURRENT CANCER DRUG TARGETS, v. 18, n. 3, p. 287-294, 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.