Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de ferro em biorreatores meso- e termofílicos na obtenção de biohidrogênio e de ácidos orgânicos voláteis do hidrolisado do bagaço de cana

Processo: 12/12120-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 03 de setembro de 2012
Vigência (Término): 02 de janeiro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Gustavo Mockaitis
Beneficiário:Bruno Garcia Silva
Supervisor no Exterior: Elías Razo-Flores
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Instituto Potosino de Investigación Científica y Tecnológica (IPICYT), México  
Vinculado à bolsa:11/21005-5 - Avaliação de materiais suporte como matriz de imobilização para biomassa anaeróbia acidogênica na produção de hidrogênio e de ácidos orgânicos voláteis a partir do hidrolisado do bagaço de cana, BP.IC
Assunto(s):Biocombustíveis   Ferro   Pentoses   Ácidos orgânicos   Bagaço de cana-de-açúcar   Bio-hidrogênio

Resumo

Recentes avanços na pesquisa de produção de ácidos voláteis e de biohidrogênio, pelo processamento anaeróbio ácido gênico, mostram que as condições termofílicas podem ser uma alternativa mais interessante às condições mesofílicas, normalmente utilizadas. O processo de pré-tratamento do bagaço da cana de açúcar, que requer altas temperaturas, também contribui para que o processo anaeróbio termofílico figure como uma possibilidade viável na obtenção dos produtos biotransformados usando este resíduo como matéria prima. Ao mesmo tempo, é conhecida a ação do íon ferro (Fe3+) nos processos anaeróbios, de forma que a correta suplementação deste nutriente pode otimizar a eficiência e estabilidade do sistema. Desta maneira, o presente projeto intenta verificar ambas as influências das condições meso e termofílicas, assim como a adição de ferro como nutriente, em um biorreator anaeróbio para a obtenção de biohidrogênio e de ácidos orgânicos, usando o hidrolisado da cana de açúcar como fonte de carbono. (AU)