Busca avançada
Ano de início
Entree

Neuro Darwinismo: uma nova abordagem em neuropsicologia da memória declarativa

Processo: 11/21855-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Pesquisador responsável:Marcelo Fernandes da Costa
Beneficiário:Rodolfo Santos Flaborea
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurociências   Neuropsicologia   Memória (psicologia)

Resumo

A Neuropsicologia é a área que estuda os efeitos comportamentais de lesões cerebrais. Nas primeiras décadas de seu surgimento como ciência, diversas teorias, muitas delas opostas entre si, tentaram embasar os achados provenientes das inúmeras pesquisas neuropsicológicas. Os construtos teóricos da emergente Psicologia Cognitiva, particularmente de sua abordagem do Processamento da Informação, prometeram dar a fundamentação sólida que faltavam a tais teorias, surgindo, assim, a Neuropsicologia Cognitiva. Apesar da grande influência da abordagem cognitivista, críticas concer-nentes aos pressupostos funcionalistas subjacentes a ela, como observados, por e-xemplo, nas dificuldades metodológicas da Neuropsicologia Cognitiva, abriram espaço para novas formas de lidar com a questão da relação cérebro-mente, como o Neuro Darwinismo. Os princípios desta abordagem destacam a importância, para o desenvolvimento e a operação das funções neuropsicológicas, da relação do cérebro - concebido como um sistema somático de seleção - com o meio ambiente, possibilitando, para a Neuropsicologia, uma visão inovadora e global sobre o cérebro. Neste contexto, o presente estudo objetiva analisar, sob o enfoque neuro darwinista, a função neuropsicológica da memória declarativa. Assim, pretende-se embasar teoricamente o planejamento de futuros estudos em Neuropsicologia. Para tanto, será realizada pesquisa bibliográfica, em base de dados e bibliotecas da USP, e, a partir dos dados obtidos, elaboradas, em texto, as análises propostas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: