Busca avançada
Ano de início
Entree

Estimativa da prevalência do uso de anfetamina, cocaína e maconha por motoristas de caminhão em rodovias do estado de São Paulo

Processo: 12/02351-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Medicina Legal e Deontologia
Pesquisador responsável:Vilma Leyton
Beneficiário:Ligia Góes Endo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/11682-0 - Estudo sobre o uso múltiplo de drogas, funcionamento cognitivo, psíquico, emocional e transtornos do sono entre motoristas de caminhão no estado de São Paulo, AP.JP
Assunto(s):Toxicologia forense   Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Anfetamina   Cannabis   Cocaína   Acidentes de trânsito

Resumo

Introdução: No Brasil, no último ano, cerca de 40 mil indivíduos foram vítimas fatais de acidentes de trânsito (AT), sendo quase 15 mil mortes só na região Sudeste. Sabe-se que o uso de drogas é fator contribuinte para esse desfecho, dado que encoraja o condutor a tomar decisões de risco. A situação é ainda mais preocupante entre os motoristas de caminhão, responsáveis pelo transporte de cargas no país. O problema do uso de drogas na direção já se tornou uma preocupação de saúde pública, não só no Brasil, mas também em países da América do Norte e Europa. Entretanto, estudos brasileiros baseados em análises toxicológicas de amostras biológicas ainda são escassos, ainda mais na referida população de profissionais. Nesse sentido, o objetivo dessa proposta de pesquisa é investigar o uso de álcool e outras drogas por motoristas de caminhão que trafegam em rodovia do Estado de São Paulo através de análise toxicológica de amostras de urina, assim como correlacionar o possível uso com informações de saúde e ocupacionais desses profissionais. Pretende-se coletar cerca de 200 amostras de urina de motoristas participantes do programa "Estradas para a Saúde" da concessionária de rodovias CCR/ViaOeste, durante todo o ano de 2012. As informações sócio-demográficas, ocupacionais e de saúde dos motoristas serão obtidos através da aplicação de questionário estruturado. Os resultados servirão para fundamentar as autoridades competentes na formulação de políticas públicas, assim como possíveis mudanças da legislação que regulamenta o trabalho desses profissionais, além de atualizar a comunidade científica e geral sobre o tema. Finalmente, esse estudo é um subprojeto de pesquisa vinculado ao Auxílio Jovem Pesquisador intitulado "Estudo sobre uso múltiplo de drogas, funcionamento cognitivo, psíquico, emocional e transtornos do sono entre motoristas de caminhão no Estado de São Paulo" (Processo FAPESP n° 2011/11682-0), que será desenvolvido pela equipe de pesquisadores da Universidade de São Paulo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.