Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de Miniaturização de uma Bomba de Sangue Centrífuga com Mancal Magnético

Processo: 12/03766-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Projetos de Máquinas
Pesquisador responsável:Pai Chi Nan
Beneficiário:Tatiane Angelelli Nishiwaki
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Coração artificial   Transplante de coração

Resumo

O número de corações transplantados não tem acompanhado o crescente aumento de pacientes na fila de transplante, e como conseqüência, muitos morrem durante a espera. A fim de melhorar esta realidade, as bombas de sangue têm sido pesquisadas e utilizadas para substituir a função de bombeamento sanguíneo do ventrículo cardíaco enfraquecido. Este auxílio dado pelas bombas de sangue pode durar dias, no caso de manutenção da vida do paciente até o aparecimento de um doador, ou até décadas, no caso de uso terapêutico substituindo a necessidade de um transplante. Dentre as várias gerações de bombas desenvolvidas, as que têm apresentado maior durabilidade são as rotativas que utilizam mancais sem contato mecânico. Isto porque a ausência de atrito entre as peças evita o desgaste e o aquecimento, responsável por aumentar o nível de destruição de células sanguíneas e o risco de formação de coágulos. Um exemplo desse tipo de bomba é a bomba de sangue centrífuga (BSC) com mancal magnético desenvolvida no Japão pelo Prof. Dr. Pai Chi Nan, orientador deste Projeto. No entanto, por conta do tamanho dessa BSC, assim como da maioria das BSCs com mancal magnético, a bomba é implantada na cavidade abdominal e, somente em adultos. Neste Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica, propõe-se um estudo para a miniaturização da BSC com mancal magnético desenvolvida, utilizando a tecnologia nacional, a fim de torná-la pequena o suficiente para ser implantada na cavidade torácica e ser utilizada inclusive por crianças. Para isso, serão projetados e estudados novos mancais magnéticos com tamanho e força distintos, assim como motores com novos valores de torques, utilizando-se programas de CAD e de simulação eletromecânica. Por fim, será feita uma análise da viabilidade tecnológica para a fabricação do protótipo no Brasil.