Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do uso de surfactante bovino (beractante) no tratamento da aspiração de mecônio em coelhos recém-nascidos

Processo: 12/05636-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:João Cesar Lyra
Beneficiário:Derek Silva Moreira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Mecônio   Surfactantes   Recém-nascido

Resumo

Introdução:A síndrome de aspiração meconial (SAM) acomete recém-nascidos (RN) que apresentam eliminação de mecônio intra-útero. Geralmente associada à asfixia e pode levar ao desenvolvimento de insuficiência respiratória grave. A despeito das diversas propostas terapêuticas, permanece associada a altas taxas de mortalidade. Uma das formas de tratamento é a terapia com surfactante exógeno, devido à inativação do surfactante causada pela presença do mecônio no alvéolo. Estudos experimentais mostram resultados promissores com essa prática, porém o mesmo não é visto em ensaios clínicos. A proposta do presente estudo é avaliar os efeitos da administração de surfactante bovino (beractante) sobre a mecânica respiratória e sobre o padrão morfológico pulmonar em um modelo experimental de SAM em coelhos recém-nascidos. A hipótese é de que ocorra melhora da mecânica pulmonar dos coelhos após o tratamento proposto. Material e métodos: Mecônio proveniente de recém-nascidos humanos saudáveis (65 mg/ml, 6 ml/kg) será administrado através de traqueostomia a coelhos recém-nascidos de termo, nascidos por cesariana aos 30 dias de gestação. Os animais serão conectados a um sistema de ventilador-pletismógrafo e ventilados por um período de 20 minutos. Os dados de complacência pulmonar dinâmica, pressão ventilatória e volume corrente serão registrados a cada 5 minutos. Após 5 minutos de ventilação os animais serão randomizados em 2 grupos de estudo de acordo com o tipo de tratamento a ser feito: Mecônio (sem tratamento com surfactante) e Surfactante (tratamento com beractante - 100 mg/kg). O surfactante utilizado nesse estudo será o Survanta ® (beractante - concentração de 25 mg de lipídeos/ml, obtido a partir de macerado de pulmão bovino). Após o sacrifício dos animais será realizada uma curva pressão-volume, para determinação dos volumes pulmonares e a análise histológica dos pulmões será feita através do cálculo do diâmetro alveolar médio (LM) e do índice de distorção (ID) do parênquima pulmonar. A análise estatística será feita por "ANOVA One Way", com nível de significância de 0,05.