Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias de manejo visando melhorar o temperamento e os índices reprodutivos de bovinos de corte

Processo: 12/09636-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Ecologia dos Animais Domésticos e Etologia
Pesquisador responsável:Mateus José Rodrigues Paranhos da Costa
Beneficiário:Gustavo da Silva Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Bem-estar do animal   Prenhez   Reatividade animal   Temperamento   Bos taurus indicus   Vacas   Bezerros

Resumo

O objetivo do referido trabalho é avaliar o efeito da mamada controlada na eficiência reprodutiva de fêmeas Bos indicus e no temperamento da díade vaca-bezerro. Serão utilizadas 50 matrizes Bos indicus (Nelore e Guzerá), todas com cria ao pé e dois touros (Guzerá), sendo, portanto a relação touro vaca 1:25, os animais permanecerão em estação de monta por 90 dias. Serão formados dois grupos experimentais: T1 - vacas submetidas ao manejo de mamada contínua; T2 - vacas submetidas ao manejo de mamada controlada. As matrizes serão alojadas em dois piquetes e distribuídas, de forma homogênea. O temperamento dos bezerros e das matrizes será avaliado a cada 30 dias durante a estação de monta e aos 30 e 60 dias após o término da mesma. Quatro medidas de temperamento serão utilizadas: 1- velocidade de saída (VS); 2- teste de reatividade no tronco de contenção (TR); 3- crush score (CS) e; 4- distância de fuga (DF). A cada 30 dias e durante todo o período da estação de monta será avaliado o escore de condição corporal (ECC) das matrizes, bem como a estimativa de peso das crias, usando-se uma fita zoométrica. Será realizado o diagnóstico de prenhez aos 45 dias do início da estação e aos 30 dias após o término desta, por meio de ultrassonografia. Os dados experimentais serão submetidos inicialmente a análise exploratória, calculando-se médias e desvio padrão, além de gerar gráficos exploratórios. Após análise de normalidade, se a mesma não for comprovada, as variáveis dependentes serão analisadas pelo teste de Friedman e a diferença entre grupos será analisada pelo teste de Mann-Whitney.