Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação funcional, estrutural e molecular da junção neuromuscular no músculo diafragma de ratos com insuficiência cardíaca submetidos ao treinamento aeróbico

Processo: 12/02850-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Maeli Dal Pai
Beneficiário:Paula Aiello Tomé de Souza Castro
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Junção neuromuscular   Insuficiência cardíaca

Resumo

A insuficiência cardíaca (IC) é uma síndrome caracterizada pela redução da função cardíaca e ativação de mecanismos compensatórios no organismo. Os sintomas mais comuns são fadiga muscular e dispnéia, além de mudanças dos tipos de fibras musculares de lentas para rápidas, atrofia e aumento na expressão dos receptores nicotínicos de acetilcolina (nAChR) na junção neuromuscular (JNM). A ativação e a estabilidade dos nAChR ocorre pela interação de fatores tróficos com proteínas do sarcolema da fibra muscular. O músculo diafragma é acometido pela IC e o treinamento físico é considerado uma conduta amplamente aceita para minimizar as consequências dos sintomas causados pela IC. A hipótese deste trabalho é que na IC, o aumento da expressão dos nAChRs está associado à alterações na liberação de fatores tróficos que atuam na expressão de proteínas do sarcolema, levando à mudanças no fenótipo do músculo diafragma. Além disso, o exercício físico minimiza as alterações nas JNMs e as características morfofuncionais do músculo. O objetivo deste trabalho será avaliar a expressão gênica e protéica das subunidades ± e µ dos nAChRs, do fator trófico agrina e das proteínas do sarcolema rapsina e musk; avaliar as alterações na atividade neuromuscular através da análise funcional, bem como a caracterização e análise estrutural das JNMs fibra-específica no músculo diafragma de ratos com IC, submetidos ao treinamento aeróbico. Serão utilizados 112 ratos Wistar machos (90 a 100g), divididos em quatro grupos: Controle (C), Estenose Aórtica (EAo - inserção de um clip de prata com 0.6 mm de diâmetro na aorta ascendente), Treinado (TR), Estenose Aórtica com Treinamento (EAoTR). Após 18 semanas da cirurgia de indução da EAo, parte dos animais controle e com EAo serão aleatoriamente divididos em treinados ou não. Os animais serão submetidos ao treinamento aeróbico em esteira por 10 semanas (5dias/semana). Os parâmetros clínicos da IC serão avaliados. A expressão gênica e protéica das subunidades ± e µ dos nAChRs, do fator trófico Agrina e das proteínas do sarcolema da fibra muscular musk e rapsina serão analisadas por PCR em Tempo Real e Western Blot, respectivamente. A atividade neuromuscular será avaliada através da análise funcional e a caracterização estrutural das JNMs fibra-específica será realizada por microscopia confocal de varredura a laser. Os dados serão submetidos à análise estatística apropriada.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)