Busca avançada
Ano de início
Entree

Expressão, regulação e função dos receptores estrogênicos em células do câncer prostático independente de andrógeno PC-3

Processo: 12/02924-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Catarina Segreti Porto
Beneficiário:Raisa Pisolato
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/56564-1 - Receptores estrogênicos: expressão, regulação, sinalização e função no sistema reprodutor masculino, mama e cérebro, AP.TEM
Assunto(s):Neoplasias da próstata   Endocrinologia

Resumo

Efeitos diretos e indiretos do estrógeno têm sido mostrados no desenvolvimento e na homeostase do tecido prostático e na etiologia das doenças prostáticas. Porém, o papel deste hormônio no desenvolvimento do câncer prostático resistente à castração (CRPC) ainda não está bem estabelecido. O estrógeno pode atuar via os clássicos receptores ESR1 (ERalpha) e ESR2 (ERbeta), predominantemente localizados em células estromais e epiteliais prostáticas, respectivamente. Estudos recentes também mostram efeitos rápidos do estrógeno mediados pelos receptores GPER e ESR1-36 em células do câncer mamário e a possível implicação destes receptores na resistência aos moduladores seletivos dos receptores de estrógeno (SERMs) e aos antiestrógenos. Em trabalho anterior nós mostramos, pela primeira vez, a expressão do ESR1-36 na linhagem de câncer prostático independente de andrógeno PC-3. O 17²-estradiol atuando via clássicos receptores (ESR1 e ESR2) e/ou via receptores envolvidos nas ações rápidas (não genômicas) do estrógeno (GPER e ESR1-36) poderia exercer importante papel na progressão do CRPC. Portanto, os estudos dos efeitos do 17²-estradiol e seus receptores poderão contribuir para o melhor entendimento dos mecanismos envolvidos na progressão do câncer prostático e, consequentemente, para intervenções terapêuticas efetivas. Este projeto tem como objetivo geral o estudo da expressão, regulação e função dos receptores estrogênicos em linhagem celular de câncer prostático independente de andrógeno PC-3.