Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização de métodos 2D-PAGE e CVAAS em estudos metalômicos para mercúrio em amostras de leite materno de lactantes da área de influência do AHE Jirau - Bacia do Rio Madeira

Processo: 12/04876-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Pedro de Magalhães Padilha
Beneficiário:Amanda Ungari Machado
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Radiação síncrotron   Eletroforese em gel bidimensional   Metalômica   Metais pesados   Metaloproteínas   Eletroforese

Resumo

O trabalho busca o desenvolvimento de metodologia analítica para aplicação da metalômica na identificação de possíveis biomarcadores de toxicidade de mercúrio na área de influência da AHE JIRAU - Bacia do rio Madeira.Para atingir este objetivo principal, o projeto reúne equipe multiinstitucional (UnB, UNESP e UNICAMP), empenhada em desenvolver procedimentos eletroforéticos bidimensionais em gel de poliacrilamida (2D-PAGE) para fracionamento e identificação de proteínas responsáveis pelo transporte de mercúrio nas amostras de leite materno coletadas em lactantes junto à população ribeirinha, e de métodos analíticos qualitativos e quantitativos para avaliação de mercúrio nos spots proteicos. A proposta de trabalho poderá fornecer subsídios técnico-científicos na área ambiental e de saúde de extrema importância, possibilitando a elaboração de protocolos de monitoramento aplicáveis aos empreendimentos hidrelétricos na região Amazônica. A possível identificação de biomarcadores (proteínas transportadoras de mercúrio) caracteriza a originalidade do projeto e constituirá um marco inicial do estudo da metalômica relacionado à toxicidade do mercúrio em leite materno. O caráter inédito da proposta proporcionará ainda contribuições científicas, tecnológicas e sócio-ambientais extremamente relevantes, por exemplo, implantação de laboratórios especializados na aplicação da metalômica em estudos de toxicidade do mercúrio, e a possibilidade das empresas do setor energético desenvolver programas efetivos de saúde ambiental relacionados com o ciclo hidrobiogeoquímico do mercúrio na região amazônica.