Busca avançada
Ano de início
Entree

Riscos da exposição aos congêneres de éteres difenílicos polibromados (bde-47, bde-99, bde-154, bde-209): efeitos citotóxicos, genotoxic, mutagênicos e quantificação ambiental

Processo: 12/06464-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Daniel Junqueira Dorta
Beneficiário:Alecsandra Oliveira de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/06912-6 - Avaliação das alterações mitocondriais e celulares induzidas por representantes das principais classes de bifenilas poli-bromadas (PBDEs), AP.JP
Assunto(s):Contaminantes emergentes

Resumo

Os éteres difenílicos polibromados são retardantes de chamas adicionados em diversos produtos do cotidiano da sociedade contemporânea, os quais vêm demonstrando, recentemente, elevado índice de acumulação no ambiente e nos organismos devido sua resistência à degradação. A presença desses contaminantes está associada com a incidência "in vivo" de diferentes alterações no organismo (neurotóxicas, desrregulação endócrina, incidência de câncer) e com efeitos tóxicos "in vitro" (apoptose e danos no DNA) em diferentes linhagens. No entanto, tais efeitos, bem como seus mecanismos de ação ainda são alvo de grandes investigações, visto a diversidade estrutural dos PBDEs (com efeitos diferenciados para cada composto) bem como, os diferentes órgãos alvos de acumulação no organismo (cérebro, fígado, glândulas). Dessa forma, este trabalho tem por objetivo principal investigar os mecanismos de indução à apoptose dos congêneres (BDE-209, BDE-99, BDE-47) através de ensaios de avaliação da ativação da cascata de caspases e Western blotting ; avaliar os mecanismos citotóxicos do congênere BDE-154 (ensaios de proliferação e viabilidade celular, acúmulo de espécies reativas de oxigênio-EROs, potencial de membrana mitocondrial, exposição da fosfatidilserina, fragmentação nuclear, ativação da cascata de caspases e Western blotting) e comparar os efeitos entre os diferentes congêneres em relação as diferenças estruturais. Para tal propósito serão utilizadas como modelo experimental células derivadas de hepatoblastoma humano, pois o fígado é apontado como alvo principal de deposição dos PBDEs no organismo, sendo, portanto, um modelo experimental adequado para investigação sobre os riscos desses contaminantes a saúde humana e além disso, as investigações sobre a ação dos PBDEs no fígado humano ainda são escassas. Para ampla investigação dos riscos de exposição aos PBDEs também serão avaliados por meio de ensaios genotóxicos (ensaio Cometa) e mutagênicos (Ensaio de Ames), o potencial dos PBDEs danificar o DNA celular, visto o aumento de evidências cancerígenas relacionadas com possíveis alterações ao DNA decorrente da exposição aos PBDEs. Os ensaios de Ames e Cometa foram escolhidos por serem uteis na identificação de diferentes compostos com potenciais genotóxicos e mutagênicos apresentando vantagens como: simplicidade, rapidez e alta sensibilidade para vários tipos de danos no DNA. E por fim, para avaliação do atual grau de contaminação ambiental de regiões brasileiras, será realizado a quantificação (Cromatografia gasosa acoplada com espectrometria de massas) de PBDEs em sedimentos da região de recarga do aquífero Guaraní situado na cidade de Ribeirão Preto com o intuito de avaliar os riscos de contaminação da população local, visto a região de recarga deste aquífero ser importante para o abastecimento local e a mesma ser vulnerável a contaminações locais devido as atividades desenvolvidas na região.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)