Busca avançada
Ano de início
Entree

A autoescritura performativa: do diário à cena - a teoria sobre o gênero autobiográfico como suporte para a reflexão sobre a cena contemporânea

Processo: 12/07544-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2014
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Teatro
Pesquisador responsável:Felisberto Sabino da Costa
Beneficiário:Janaina Fontes Leite
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Autobiografias   Memória autobiográfica

Resumo

O presente projeto se interessa pelas formas de autorepresentação e escrita autobiográfica tais quais elas vêm se apresentando em alguns exemplos significativos da cena teatral contemporânea. A apropriação de material biográfico na composição da cena, personagens e dramaturgia é procedimento recorrente em muitos processos criativos. No entanto, este material, na maioria dos casos, figura somente como catalisador durante os trabalhos em sala de ensaio objetivando sua integração a trama ficcional que tece a encenação e a dramaturgia. O que pretendemos abordar são algumas experiências que trazem a questão do autobiográfico em seus enunciados. Ou seja, encenação e dramaturgia se estruturam a partir de um "eu" que se confunde com o ator e/ou o autor que narra uma história ou experiência pessoal. Desde Philippe Lejeune que sistematizou uma das primeiras pesquisas sobre o "gênero autobiográfico" até pesquisadores contemporâneos que trabalham sobre a noção de testemunho como Márcio Selligmann-Silva, temos abordagens diversas do que seriam as escritas do eu. Pretendemos nos debruçar sobre essa bibliografia nos perguntando como a teoria do autobiografico, tal qual constituída sobretudo a partir dos anos 70 e sua associação com a ideia de uma memória criativa pode hoje nos orientar na leitura de obras teatrais autobiográficas. Pretendemos iluminar assim tanto questões relativas aos processos de criação quanto sobre as diferentes elaborações formais e as problemáticas no campo da recepção. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LEITE, Janaina Fontes. Autoescrituras performativas: do diário à cena. As teorias do autobiográfico como suporte para a reflexão sobre a cena contemporânea. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.