Busca avançada
Ano de início
Entree

Saúde e gênero: um foco sobre a população adulta masculina em estudo de base populacional

Processo: 12/07970-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Marilisa Berti de Azevedo Barros
Beneficiário:Tássia Fraga Bastos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde do homem   Desigualdades em saúde   Estudos de gênero   Campinas (SP)

Resumo

Por muito tempo as mulheres têm sido o foco de estudos sobre saúde relacionada ao gênero, enquanto poucas pesquisas investigam as condições de saúde dos homens. A população masculina apresenta altas taxas de mortalidade, principalmente nas idades mais precoces, além de exibir elevadas proporções de condições graves e crônicas de saúde e adotar com maior frequência comportamentos prejudiciais à saúde. Nesse contexto, é importante conhecer o perfil de desigualdades de gênero, considerando-se os comportamentos relacionados à saúde, estado de saúde e uso de serviços de saúde. O presente estudo tem por objetivo avaliar desigualdades de saúde, segundo gênero, na população de 20 anos ou mais residente no município de Campinas. Os dados foram coletados por meio de um inquérito domiciliar de saúde, um estudo transversal, de base populacional, com amostra por conglomerados em dois estágios, realizado no município de Campinas em 2008-2009. Dentre as variáveis incluídas neste estudo estão as sociodemográficas, as de comportamentos relacionados à saúde, as de estado de saúde e as de uso de serviços de saúde. Para estimar as prevalências e as associações, será utilizado o teste qui-quadrado, com nível de significância de 5% e, para obtenção das razões de prevalência (RP) e seus respectivos intervalos de confiança, será feita a regressão de Poisson. Esta análise será realizada por meio do software STATA versão 11, que considera as ponderações relativas ao desenho amostral.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BASTOS, TASSIA FRAGA; CANESQUI, ANA MARIA; DE AZEVEDO BARROS, MARILISA BERTI. ``Healthy Men{''} and High Mortality: Contributions from a Population-Based Study for the Gender Paradox Discussion. PLoS One, v. 10, n. 12 DEC 7 2015. Citações Web of Science: 2.
APARECIDA MARI IGUTI; TÁSSIA FRAGA BASTOS; MARILISA BERTI DE AZEVEDO BARROS. Dor nas costas em população adulta: estudo de base populacional em Campinas, São Paulo, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 31, n. 12, p. 2546-2558, Dez. 2015.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BASTOS, Tássia Fraga. Diferenciais de saúde entre homens e mulheres : estudo de base populacional no município de Campinas, São Paulo. 2016. Tese de Doutorado - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.