Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficiência dos mecanismos de reparo do DNA e expressão gênica em linfócitos de indivíduos com a Doença de Alzheimer

Processo: 12/07879-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2012
Vigência (Término): 13 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Mutagênese
Pesquisador responsável:Elza Tiemi Sakamoto Hojo
Beneficiário:Giovana da Silva Leandro
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/11052-1 - Influência da deficiência de reparo do DNA no desenvolvimento e progressão da Doença de Alzheimer em modelo de camundongo, BE.EP.DR
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Expressão gênica   Reparo do DNA

Resumo

O genoma dos organismos está exposto a agentes endógenos e exógenos, os quais podem induzir lesões no DNA e modificar a integridade do DNA, gerando instabilidade genômica. Entre os processos que geram instabilidade genômica nas células está o estresse oxidativo, uma condição resultante da falta de equilíbrio entre a geração de radicais livres e a eficácia dos mecanismos de defesa antioxidante. Segundo a literatura, o estresse oxidativo está relacionado ao processo de envelhecimento, assim como na etiopatogenia de doenças neurodegenerativas, como a doença de Alzheimer (DA). Esta é uma demência neurodegenerativa crônica com grande impacto na saúde pública, cujo desenvolvimento parece estar associado tanto ao estresse oxidativo quanto a falhas nos mecanismos de reparo do DNA. Apesar das pesquisas visando identificar os fatores de risco e de proteção ligados à DA, estudos sobre a base molecular desta ainda são inconclusivos, havendo a expectativa de que estes poderão fornecer informações importantes para a compreensão da DA e novas possibilidades de estratégias viáveis na prática clínica. Este projeto tem como objetivo avaliar as respostas ao estresse oxidativo e a eficiência de reparo do DNA nos linfócitos de indivíduos portadores de DA (comparadas aos grupos de idosos e jovens), com base na hipótese de que o dano oxidativo está implicado no processo de envelhecimento e no desenvolvimento da DA e que os linfócitos de sangue periférico podem apresentar alterações moleculares em decorrência da doença. Para isso, serão coletadas amostras de sangue periférico de indivíduos com DA e de indivíduos sadios da mesma faixa etária e indivíduos jovens, enquadrados nos critérios de inclusão. Os linfócitos serão processados de acordo com o tipo de ensaio a ser realizado. Será feita análise de expressão de genes com papel no processamento de danos oxidativos, reparo do DNA e outras classes relacionadas a respostas a estresse de vários tipos. Para alguns genes, será também estudada a expressão proteica por Western blot. Os linfócitos serão também cultivados e submetidos a tratamento in vitro com o bromato de potássio (indutor de danos no DNA), a fim de analisar danos no DNA pelo ensaio cometa, o qual permite a quantificação de quebras no DNA; paralelamente, serão analisadas a progressão do ciclo celular e os índices de apoptose (por citometria de fluxo). Será também realizado um estudo dos genes relacionados à via da proteína TP53, que se mostrou diferencialmente modulada em pacientes com DA (dados obtidos anteriormente no trabalho de mestrado), assim como dos micro-RNAs relacionados a essa via. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEANDRO, GIOVANA SILVA; EVANGELISTA, ADRIANE FEIJO; LOBO, ROMULO REBOUCAS; XAVIER, DANILO JORDAO; MORIGUTI, JULIO CESAR; SAKAMOTO-HOJO, ELZA TIEMI. Changes in Expression Profiles Revealed by Transcriptomic Analysis in Peripheral Blood Mononuclear Cells of Alzheimer's Disease Patients. JOURNAL OF ALZHEIMER'S DISEASE, v. 66, n. 4, p. 1483-1495, 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LEANDRO, Giovana da Silva. Alterações na expressão gênica de células mononucleares do sangue periférico de pacientes com a doença de Alzheimer e consequências da deficiência de polimerase β em fibroblastos de camundongos. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.