Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência de um gradiente ambiental fluvial na distribuição de algumas espécies de macrófitas aquáticas na bacia do Rio Itanhaém, SP.

Processo: 12/08510-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Antonio Fernando Monteiro Camargo
Beneficiário:Gisele Biem Mori
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Macrófitas

Resumo

Muitos ecossistemas fluviais apresentam gradientes ambientais de características físicas ao longo de seu curso, que refletem na presença de espécies de plantas aquáticas. Estas são importantes componentes da biodiversidade além de apresentarem diversas funções ecológicas no ambiente aquático. Entender o funcionamento destes gradientes ambientais e sua influência na flora aquática é um importante meio para o manejo e conservação destes ecossistemas. O objetivo deste trabalho é avaliar a influência de um gradiente ambiental em um trecho de rio da bacia do rio Itanhaém na distribuição de seis espécies de macrófitas aquáticas: Egeria densa, Cabomba furcata, ¹Potamogeton sp, Utricularia foliosa, Pistia stratiotes e Salvinia molesta. Para isto será realizada a caracterização deste gradiente ambiental e a determinação do local de presença destas espécies. Serão realizados dois trabalhos de campo (verão e inverno) para coleta de dados físicos do canal (declividade, altura e cobertura vegetal na margem, abertura de dossel, largura e profundidade do canal, coeficiente de atenuação de luz, velocidade de corrente, uso do solo e substrato), de dados limnológicos da água (temperatura, pH, salinidade, turbidez, condutividade elétrica, nitrogênio kjeldall total, N-nitrito, N-nitrato, N-amoniacal, fósforo total, P-ortofosfato, alcalinidade e material em suspensão) e para a identificação e localização das espécies de macrófitas ao longo do trecho. Os dados físicos e limnológicos coletados serão interpolados pelo método de krigagem utilizando o software Arcgis 9.3. para formar um mapa do gradiente ambiental. Os dados gerados na interpolação serão plotados em gráficos e calculados os valores médios, máximos e mínimos. Modelos lineares e aditivos generalizados (GLM e GAM) serão utilizados pra relacionar a presença das espécies com o gradiente ambiental.