Busca avançada
Ano de início
Entree

Planejamento da expansão integrada dos sistemas de geração e transmissão de energia elétrica no Brasil

Processo: 12/08704-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Secundino Soares Filho
Beneficiário:Mônica de Souza Zambelli
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Otimização não linear   Simulação de sistemas

Resumo

O planejamento da expansão da geração de energia elétrica constitui um instrumento essencial para apoiar o crescimento econômico sustentável do país, visto que a expansão do investimento produtivo requer oferta de energia com qualidade, segurança e modicidade tarifária. No Brasil utiliza-se um modelo de planejamento baseado em otimização estocástica e análise multiobjetivo que envolve a divisão do problema em um sub-problema de investimento e um sub-problema de operação. O programa de expansão é obtido a partir de inúmeras simulações, com alterações sucessivas da configuração do sistema, visando sobretudo a minimização de custos (de investimentos e de operação). Estas alterações são feitas na base de tentativa-e-erro incluindo-se projetos de usinas geradoras e/ou reforços de interligação selecionados entre um conjunto limitado de projetos para um horizonte de planejamento de dez a trinta anos a frente.Devido a grande complexidade do problema no caso do sistema brasileiro, para proporcionar a viabilidade computacional dos modelos, abdicou-se da precisão na representação e o planejamento indicativo vem fornecendo soluções ótimas para um problema que já não representa o problema real. Dessa maneira os indicadores resultantes desses modelos dão sinalizações erradas aos agentes, e as metas definidas são muitas vezes impossíveis de serem cumpridas.Esse trabalho pretende desenvolver e avaliar uma nova proposta para a simulação de planos de expansão de energia elétrica do sistema interligado nacional de forma integrada entre os sistemas de geração e transmissão. Será utilizada uma metodologia baseada em controle em malha aberta, explorando o uso de modelos de previsão de vazões no tratamento das incertezas relativas as afluências, com modelos de otimização e simulação que representam o parque gerador de forma detalhada, com todas as restrições hidráulicas e aspectos dinâmicos modelados individualmente. As soluções relativas ao sistema de geração serão consistidas quanto a sua viabilidade em relação à rede de transmissão que será tão precisamente detalhada quanto possível de acordo com os dados oficiais disponíveis.