Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do perfil metabólico global urinário do refluxo vésico-ureteral por CE-MS

Processo: 12/09822-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 29 de setembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Marina Franco Maggi Tavares
Beneficiário:Karina Trevisan Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/18789-2 - Avaliação da CE-MS visando para o estudo metabolômico alvo do refluxo vesico ureteral, BE.EP.DR
Assunto(s):Eletroforese capilar   Espectrometria de massas   Metaboloma   Refluxo vesico-ureteral

Resumo

Este projeto pretende desenvolver e validar métodos por CE-MS, em ambos os modos de ionização por electrospray, positivo e negativo, e explorar a sua capacidade para a investigação do perfil urinário do refluxo vésico-ureteral em crianças, com uma abordagem metabolômica. No desenvolvimento dos métodos CE-MS, as composições do eletrólito de corrida, do líquido auxiliar, e parâmetros instrumentais do analisador de massas serão sistematicamente variados e otimizados para ambos os modos de ionização. Os dados brutos obtidos por CE-MS serão processados usando o software de acesso livre XCMS. Adicionalmente, um algoritmo de processamento de dados desenvolvido pelo grupo será utilizado comparativamente ao XCMS. Cada conjunto de dados espectrais (análise global) será processado separadamente e avaliado estatisticamente por meio de métodos multivariados, incluindo a análise de componentes principais (PCA) e a análise discriminante por mínimos quadrados parciais (PLS-DA). Os metabólitos discriminadores do refluxo vésico-ureteral serão então identificados pela análise de padrões autênticos, por fragmentação espectral e pelo uso de bibliotecas. Adicionalmente, uma visita "doutorado sandwich" ao Imperial College London (ICL) está sendo considerada, onde a aquisição de dados por UPLC-MS, em colunas C18 e HILIC, será contemplada, visando explorar a complementaridade de informação metabólica, decorrente do uso de diversas plataformas analíticas ortogonais. Métodos UPLC-MS robustos são usados rotineiramente no ICL para diversas aplicações clínicas e bibliotecas contendo tempos de retenção e m/z de algumas centenas de metabólitos têm sido construídas e atualizadas ao longo de vários anos e poderão ser empregadas no presente projeto para identificação geral dos metabólitos encontrados nas amostras em estudo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GISELE A. B. CANUTO; JOSÉ LUIZ DA COSTA; PEDRO L. R. DA CRUZ; ANA ROSA L. DE SOUZA; ANDRÉA T. FACCIO; ALINE KLASSEN; KARINA T. RODRIGUES; MARINA F. M. TAVARES. METABOLÔMICA: DEFINIÇÕES, ESTADO-DA-ARTE E APLICAÇÕES REPRESENTATIVAS. Química Nova, v. 41, n. 1, p. -, Jan. 2018.
RODRIGUES, KARINA T.; MEKAHLI, DJALILA; TAVARES, MARINA F. M.; VAN SCHEPDAEL, ANN. Development and validation of a CE-MS method for the targeted assessment of amino acids in urine. ELECTROPHORESIS, v. 37, n. 7-8, SI, p. 1039-1047, APR 2016. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.