Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização molecular de linhagens de escherichia coli patogênicas para aves (apec) e uropatogênicas (upec) para humanos

Processo: 12/05073-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Wanderley Dias da Silveira
Beneficiário:Renato Pariz Maluta
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/25615-8 - Análise genômica comparativa de escherichia coli extra-instestinal de origem humana e aviária, BE.EP.PD
Assunto(s):Aves   Tipagem de sequências multilocus   Caracterização   Eletroforese em gel de campo pulsado   Escherichia coli   Microbiologia

Resumo

O Brasil é o terceiro maior produtor mundial e o maior exportador de carne de aves (frangos). A produção estimada é de 12 milhões de toneladas. Deste total, quase 4 milhões de toneladas são exportadas, gerando receita em dólares próxima dos US$ 6 bilhões. Linhagens de Escherichia coli patogênicas para aves (APEC) são agentes causais de significativos graus de morbidade e mortalidade para aves de corte e poedeiras, produzindo prejuízos econômicos à indústria de carne de aves e ovos. Além disso, linhagens APEC, recentemente, foram descritas como potenciais fatores de risco zoonótico para seres humanos. Nosso grupo tem se dedicado, há vários anos, ao estudo de linhagens de E. coli patogênicas para aves visando caracterizar esses tipos de linhagens bacterianas quanto às suas características biológicas relacionadas à patogenicidade (resistência a antibióticos, expressão de fímbrias e flagelos; colicinas, enterobactinas, resistência ao poder bactericida do soro do hospedeiro, capacidade de adesão e invasão de linhagens celulares), genéticas (existência de genes relacionados à patogenicidade em plasmídios e em cromossomo) e populacionais (estrutura clonal). Neste projeto, pretende-se estudar, de maneira comparativa, linhagens APEC isoladas em diferentes regiões do Brasil [Sul (Paraná e Rio Grande do Sul); Sudeste (São Paulo) e Nordeste (Pernambuco)] com linhagens de E.coli isoladas de infecções do trato urinário (UPEC) em humanos para: (i) estabelecer a estrutura clonal populacional das linhagens brasileiras e, (ii) verificar se as primeiras podem ser consideradas, ou não, fatores de risco zoonótico para humanos. Para esta finalidade, estarão sendo realizadas técnicas moleculares, como a caracterização por PCR de 43 genes relacionados à patogenicidade, determinação do perfil de cada amostra por eletroforese em campo pulsado (PFGE) e seqüenciamento de genes "housekeeping" (MLST) para caracterização clonal das mesmas. Adicionalmente, os isolados serão soroagrupados. Todos estes dados, em conjunto, permitirão estabelecer qual(is) o(s) tipo(s) de linhagens APEC mais prevalentes em nosso país e qual sua constituição genética quanto à presença de genes relacionados à virulência, permitindo que possíveis linhagens padrão possam ser estabelecidas para o desenvolvimento de futuras linhagens vacinais. Além disso, a comparação com as linhagens UPEC permitirá estabelecer se linhagens APEC brasileiras, realmente, constituem possível risco zoonótico para seres humanos, como descrito para linhagens isoladas em alguns outros países.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VERMA, RENU; GALVAO ROJAS, THAIS CABRERA; MALUTA, RENATO PARIZ; LEITE, JANAINA LUISA; NAKAZATO, GERSON; DE SILVEIRA, WANDERLEY DIAS. Role of hypothetical protein YicS in the pathogenicity of Avian Pathogenic Escherichia coli in vivo and in vitro. MICROBIOLOGICAL RESEARCH, v. 214, p. 28-36, 2018. Citações Web of Science: 1.
SILVEIRA, F.; MALUTA, R. P.; TIBA, M. R.; DE PAIVA, J. B.; GUASTALLI, E. A. L.; DA SILVEIRA, W. D. Comparison between avian pathogenic (APEC) and avian faecal (AFEC) Escherichia coli isolated from different regions in Brazil. VETERINARY JOURNAL, v. 217, p. 65-67, NOV 2016. Citações Web of Science: 3.
MALUTA, RENATO P.; NICHOLSON, BRYON; LOGUE, CATHERINE M.; NOLAN, LISA K.; ROJAS, THAIS C. G.; DA SILVEIRA, WANDERLEY DIAS. Complete Genomic Sequence of an Avian Pathogenic Escherichia coli Strain of Serotype O7:HNT. MICROBIOLOGY RESOURCE ANNOUNCEMENTS, v. 4, n. 1 JAN-FEB 2016. Citações Web of Science: 1.
VERMA, RENU; GALVAO ROJAS, THAS CABRERA; MALUTA, RENATO PARIZ; LEITE, JANANA LUISA; MENDES DA SILVA, LIVIA PILATTI; NAKAZATO, GERSON; DA SILVEIRA, WANDERLEY DIAS. Fimbria-Encoding Gene yadC Has a Pleiotropic Effect on Several Biological Characteristics and Plays a Role in Avian Pathogenic Escherichia coli Pathogenicity. Infection and Immunity, v. 84, n. 1, p. 187-193, JAN 2016. Citações Web of Science: 3.
MALUTA, RENATO PARIZ; LOGUE, CATHERINE MARY; TIBA CASAS, MONIQUE RIBEIRO; MENG, TING; LOPES GUASTALLI, ELISABETE APARECIDA; GALVAO ROJAS, THAIS CABRERA; MONTELLI, AUGUSTO CEZAR; SADATSUNE, TERUE; RAMOS, MARCELO DE CARVALHO; NOLAN, LISA KAY; DA SILVEIRA, WANDERLEY DIAS. Overlapped Sequence Types (STs) and Serogroups of Avian Pathogenic (APEC) and Human Extra-Intestinal Pathogenic (ExPEC) Escherichia coli Isolated in Brazil. PLoS One, v. 9, n. 8 AUG 12 2014. Citações Web of Science: 56.
MALUTA, RENATO PARIZ; VICCARI GATTI, MARIA SILVIA; JOAZEIRO, PAULO PINTO; DE PAIVA, JACQUELINE BOLDRIN; GALVAO ROJAS, THAIS CABRERA; SILVEIRA, FLAVIO; HOULE, SEBASTIEN; TAKAYAMA KOBAYASHI, RENATA KATSUKO; DOZOIS, CHARLES M.; DA SILVEIRA, WANDERLEY DIAS. Avian Extraintestinal Escherichia coli Exhibits Enterotoxigenic-Like Activity in the In Vivo Rabbit Ligated Ileal Loop Assay. FOODBORNE PATHOGENS AND DISEASE, v. 11, n. 6, p. 484-489, JUN 2014. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.