Busca avançada
Ano de início
Entree

O Cráton Amazônico e o supercontinente Columbia: implicações paleogeográficas baseadas no estudo paleomagnético de unidades geológicas paleo-mesoproterozóicas

Processo: 12/50327-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Pesquisador responsável:Manoel Souza D'Agrella Filho
Beneficiário:Franklin Bispo dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Paleomagnetismo

Resumo

Nos últimos anos, vários autores propuseram a existência de um supercontinente Paleoproterozóico denominado Columbia, mas, a sua amalgamação, duração e ruptura ainda causa muitas controvérsias. Na América do Sul, um componente essencial nas reconstruções paleogeográficas do supercontinente Columbia é o Cráton Amazônico, entretanto, a escassez e a baixa qualidade dos dados geológicos e paleomagnéticos impossibilitam o teste de alguns modelos paleogeográficos. Por isso, a determinação de pólos paleomagnéticos associados a datações geocronológicas precisas (U-Pb, 40Ar/39Ar) é de fundamental importância para a definição da paleogeografia de supercontinentes e para se conhecera evolução do ciclo continental. Nesse sentido, o objetivo deste projeto é obter pólos paleomagnéticos de referência para unidades geológicas Paleo-Mesoproterozóicas pertencentes ao Cráton Amazônico. Para isso, serão estudadas as rochas sedimentares do Supergrupo Roraima e as rochas do embasamento (~1980-1780 Ma) do Estado de Roraima, a Suite Intrusiva Tapirapé (-1880 Ma) do Estado do Mato Grosso e a Suíte Intrusiva Alto Candeias (~1350 Ma) de Estado de Rondônia. A determinação de novos pólos paleomagnéticos de referência para o Cráton Amazônico possibilitará responder algumas questões sobre o supercontinente Columbia e sobre a evolução geodinâmica do Cráton Amazônico nas reconstruções globais. Espera-se também, que os resultados obtidos contribuam para um melhor ajuste da curva de deriva polar aparente (CDPA) do Cráton Amazônico durante o Paleo-Mesoproterozóico. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
D'AGRELLA-FILHO, MANOEL SOUZA; BISPO-SANTOS, FRANKLIN; FERREIRA TRINDADE, RICARDO IVAN; JEAN ANTONIO, PAUL YVES. Paleomagnetism of the Amazonian Craton and its role in paleocontinents. BRAZILIAN JOURNAL OF GEOLOGY, v. 46, n. 2, p. 275-299, JUN 2016. Citações Web of Science: 13.
D'AGRELLA-FILHO, MANOEL S.; TRINDADE, RICARDO I. F.; QUEIROZ, MARCELO V. B.; MEIRA, VINICIUS T.; JANIKIAN, LILIANE; RUIZ, AMARILDO S.; BISPO-SANTOS, FRANKLIN. Reassessment of Aguapei (Salto do Ceu) paleomagnetic pole, Amazonian Craton and implications for Proterozoic supercontinents. Precambrian Research, v. 272, p. 1-17, JAN 2016. Citações Web of Science: 7.
BISPO-SANTOS, FRANKLIN; D'AGRELLA-FILHO, MANOEL S.; JANIKIAN, LILIANE; REIS, NELSON J.; TRINDADE, RICARDO I. F.; REIS, MARIA ANNA A. A. Towards Columbia: Paleomagnetism of 1980-1960 Ma Surumu volcanic rocks, Northern Amazonian Craton. Precambrian Research, v. 244, n. SI, p. 123-138, MAY 2014. Citações Web of Science: 19.
BISPO-SANTOS, FRANKLIN; D'AGRELLA-FILHO, MANOEL S.; TRINDADE, RICARDO I. F.; JANIKIAN, LILIANE; REIS, NELSON J. Was there SAMBA in Columbia? Paleomagnetic evidence from 1790 Ma Avanavero mafic sills (northern Amazonian Craton). Precambrian Research, v. 244, n. SI, p. 139-155, MAY 2014. Citações Web of Science: 19.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.