Busca avançada
Ano de início
Entree

Genômica comparativa de fungos do gênero Moniliophthora: entendendo a biologia e estratégias de infecção dos principais patógenos do cacaueiro

Processo: 12/09136-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Gonçalo Amarante Guimarães Pereira
Beneficiário:Daniela Paula de Toledo Thomazella
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Moniliophthora perniciosa   Theobroma cacao   Genômica comparativa

Resumo

Estudos recentes motivados pelos avanços das tecnologias de sequenciamento têm revelado que o genoma de fungos fitopatogênicos é bastante plástico e dinâmico. Esta plasticidade é, em grande parte, consequência da presença de elementos transponíveis e/ou cromossomos "dispensáveis". Estes carregam, geralmente, um conjunto de genes determinantes da patogenicidade do organismo, definindo a especificidade de infecção de órgãos e hospedeiros. Modelos interessantes para estudo das adaptações genômicas em fitopatógenos são os patógenos do cacaueiro Moniliophthora perniciosa e M. roreri. Além da indiscutível importância econômica para a cacauicultura, estes fungos apresentam características de grande interesse para a fitopatologia. M. perniciosa possui diversos biótipos relacionados à infecção de diferentes hospedeiros. Particularmente, os biótipos C e S apresentam características bastante similares quanto ao desenvolvimento da doença, no entanto, infectam hospedeiros distintos (espécies do gênero Theobroma e Solanum, respectivamente). Neste sentido, estudos de genômica comparativa permitirão entender como esta espécie se adaptou a explorar diferentes hospedeiros, seja através de seu repertório de efetores e/ou de seu conteúdo gênico geral. Diferentemente de M. perniciosa, que infecta ramos, frutos e flores, M. roreri é capaz de infectar apenas os frutos do cacaueiro. Desta forma, a comparação dos genomas de M. perniciosa e M. roreri deverá apontar para as convergências referentes à infecção de frutos como também para as divergências relacionadas à infecção de diferentes órgãos em M. perniciosa. Através de análises das regiões divergentes destes biótipos e espécies, espera-se encontrar os genes responsáveis pelas diferentes estratégias de patogenicidade adotadas bem como os elementos genômicos (como elementos transponíveis e cromossomos dispensáveis) que moldaram os genomas destes fungos.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEREIRA LIMA TEIXEIRA, PAULO JOSE; DE TOLEDO THOMAZELLA, DANIELA PAULA; REIS, OSVALDO; VITAL DO PRADO, PAULA FAVORETTI; SCATOLIN DO RIO, MARIA CAROLINA; FIORIN, GABRIEL LORENCINI; JOSE, JULIANA; LACERDA COSTA, GUSTAVO GILSON; NEGRI, VICTOR AUGUSTI; COSTA MONDEGO, JORGE MAURICIO; MIECZKOWSKI, PIOTR; GUIMARAES PEREIRA, GONCALO AMARANTE. High-Resolution Transcript Profiling of the Atypical Biotrophic Interaction between Theobroma cacao and the Fungal Pathogen Moniliophthora perniciosa. PLANT CELL, v. 26, n. 11, p. 4245-4269, NOV 2014. Citações Web of Science: 40.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.