Busca avançada
Ano de início
Entree

Wayfinding na arquitetura escolar

Processo: 12/50369-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Projeto de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Doris Catharine Cornelie Knatz Kowaltowski
Beneficiário:Tania Pietzschke Abate
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Transtornos da visão   Ambiente escolar

Resumo

O ambiente escolar deve propiciar à criança com e sem deficiência informações relativas à orientação espacial por meio do reconhecimento de onde se encontra e como chega a um local desejado. A criança deve ser capaz de reconhecer de forma independente os pontos de origem e de destino em seu trajeto no ambiente construído. Essas informações são fornecidas pelo ambiente e fazem parte do sistema chamado de Wayfinding (ARTHUR; PASSINI, 1992; PASSINI, 1992; GOLLEDGE, 1999; GIBSON, 2009; MEUSER; POGADE, 2010). O objetivo deste estudo é verificar os problemas existentes na orientação espacial dos alunos com deficiência visual no ambiente de escola especial eleita na cidade de São Paulo segundo o critério do maior número de alunos com deficiência visual matriculados na pré-escola no ano de 2012, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Educação (SME). Pretende-se propor a implantação de um sistema de Wayfinding na escola eleita com o intuito de melhorar a acurada na orientação espacial dos alunos com deficiência visual. Para tal, pretende-se aplicar técnicas de coleta de dados à direção e aos docentes (entrevistas), bem como aos alunos com deficiência visual (observação não estruturada e entrevista lúdica com brinquedo e mapa tátil (BERNARDI, KOWALTOWSKI, 2006; ABATE, 2011). Busca-se a contribuição da opinião da criança com deficiência visual no processo de elaboração do sistema de Wayfinding no edifício em geral, em especial no escolar, visando à melhoria das suas condições de uso e o conseqüente favorecimento da acessibilidade nos espaços por meio de recomendações projetuais. O estudo de caso (YIN, 2005) será adotado como metodologia de pesquisa. Este trabalho apresenta caráter qualitativo e multidisciplinar e fundamenta-se nos pressupostos teóricos da arquitetura, da educação, da pedagogia, da medicina, da sociologia e da psicologia ambiental, entre outras áreas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TANIA PIETZSCHKE ABATE; DORIS CATHARINE CORNELIE KNATZ KOWALTOWSKI. Avaliação de pisos táteis como elemento de wayfinding em escola de ensino especial para crianças com deficiência visual. Ambient. constr., v. 17, n. 2, p. -, Jun. 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.