Busca avançada
Ano de início
Entree

Diálogos em prosa breve: reflexos e reflexões sobre o Brasil na literatura de Cabo Verde

Processo: 12/11047-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Simone Caputo Gomes
Beneficiário:Érica Antunes Pereira
Supervisor no Exterior: António Manuel dos Santos Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Vinculado à bolsa:10/52632-2 - Travessias atlânticas: a literatura de Cabo Verde lê o Brasil, BP.PD
Assunto(s):Literatura cabo-verdiana   Literatura brasileira   Literatura africana   Intertextualidade   Prosa

Resumo

As relações entre Cabo Verde e Brasil, historicamente iniciadas no século XVI, tornaram-se mais próximas, do ponto de vista literário, no final da década de 1940, com o resgate do Regionalismo Brasileiro de 1930 pela Revista Claridade, sendo as características geográficas e climáticas um canal de aproximação entre os dois países. Em nosso projeto inicial, Travessias atlânticas: a literatura de Cabo Verde lê o Brasil, temos constatado que o gênero poesia aparenta ser mais eleito que a prosa breve entre os autores cabo-verdianos desde a época da Claridade até cerca de 1975, ano da independência de Cabo Verde. Justificando tal fenômeno, acreditamos que ele seja uma decorrência da necessidade de firmar o quanto antes uma identidade cabo-verdiana: os poemas, mais rápidos em sua concepção, também são de mais fácil publicação em jornais e periódicos, o que possibilita a disseminação dos pensamentos, sejam eles de ordem política, social ou cultural. Entretanto, também temos observado que é por meio da prosa breve (em especial os contos e as crônicas) que grande parte dos escritores cabo-verdianos expõe com mais facilidade o cotidiano de seu país, apresenta problemas deste e estabelece diálogos com o Brasil e os brasileiros, seja pela via da história, da geografia, da música ou da literatura. Assim, neste projeto de Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE), pretendemos, além de aprofundar nosso estudo teórico acerca do tema "prosa breve" (e, nesse sentido, a supervisão do Prof. Doutor António Manuel dos Santos Ferreira e a ancoragem do projeto na Universidade de Aveiro são imprescindíveis), também coletar, nas bibliotecas portuguesas, obras cabo-verdianas não encontradas nas livrarias, na Biblioteca Nacional de Cabo Verde e no Arquivo Histórico Nacional, para, finalmente, mapearmos em que medida o Brasil é retratado no imaginário dos escritores cabo-verdianos em narrativa curta. (AU)