Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do processo de hidrogenólise/hidrogenação catalítica do bagaço de cana de açúcar em ambiente metanólico supercrítico na presença de óxidos metálicos dopados com cobre

Processo: 12/10884-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Pesquisador responsável:Mauricio Boscolo
Beneficiário:Mauricio Boscolo
Anfitrião: Peter C. Ford
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, Santa Barbara (UC Santa Barbara), Estados Unidos  
Assunto(s):Bioenergia   Cana-de-açúcar   Bagaços   Hidrogenação

Resumo

Neste projeto de estágio de pós-doutoramento serão estudados os processos de hidrogenólise/hidrogenação catalítica do bagaço de cana de açúcar em ambiente metanólico supercrítico na presença de óxidos metálicos dopados inicialmente com cobre, e ao longo do estágio com outros metais de transição. A hidrogenação redutiva da lignina será investigada como forma de desestruturação da lignina com a formação de compostos com relação oxigênio/carbono significativamente menor que a encontrada na lignina e a condição redutora é gerada pelo metanol e gás de síntese gerado no processo. A hidrogenólise redutiva de fibras lignocelulósicas para produção de combustível líquido catalisada por óxidos metálicos porosos dopados com metais de transição, especialmente cobre, está sendo explorada pelo grupo de pesquisa do Professor Peter C. Ford, da Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara. A aplicação este processo como forma de desestruturação da lignina em unidades monoméricas com menor índice de oxigênio pode resultar em três vantagens: (i) o bio-óleo produzido com maior poder calorífico que pode ser usado como combustível, (ii) desproteção dos polissacarídeos das fibras (celulose e hemicelulose), tornando-os mais susceptíveis ao ataque enzimático hidrolítico, e por último, (iii) potencial redução da inibição do processo fermentativo alcoólico. O entendimento e domínio dos parâmetros físico-químicos e biológicos envolvidos na produção de açúcares fermentescíveis e não fermentescíveis, além da formação de compostos inibidores da ação microbiológica fermentativa são muito importantes nos processos de produção do etanol celulósico. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BERNT, CHRISTOPHER M.; MANESEWAN, HUSSAYA; CHUI, MEGAN; BOSCOLO, MAURICIO; FORD, PETER C. Temperature Tuning the Catalytic Reactivity of Cu-Doped Porous Metal Oxides with Lignin Models. ACS SUSTAINABLE CHEMISTRY & ENGINEERING, v. 6, n. 2, p. 2510-2516, FEB 2018. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.