Busca avançada
Ano de início
Entree

Petrogênese de um arco meso-cenozóico da cordilheira central dos Andes colombianos: implicações no crescimento crustal nos Andes do Norte

Processo: 12/14396-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 05 de fevereiro de 2013
Vigência (Término): 04 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Carlos José Archanjo
Beneficiário:Camilo Bustamante Londono
Supervisor no Exterior: Jeffrey D. Vervoort
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Washington State University (WSU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:10/19068-6 - Alojamento de magmas em margem convergente: mecanismos de colocação e petrogênese de um arco Meso-Cenozóico da cordilheira central dos Andes colombiano, BP.DD
Assunto(s):Petrologia   Magmatismo   Granito   Andes

Resumo

A natureza do magmatismo tipo I nos Andes do norte, especialmente na Colômbia tem sido pouco estudada desde o ponto de vista petrológico, e somente algumas datações pontuais são conhecidas, mas as implicações na evolução da margem de subducção ocidental nestas áreas são ainda foco de discussão. É conhecido pelos pesquisadores que os Andes do Norte desde Equador até Colômbia incluem uma série de rochas típicas de arco magmático, os quais têm sido originados depois da separação de Pangea e são ativos até hoje. A complexidade destes arcos magmáticos está na sua origem relacionada à interação das placas Pacífica, Caribe e Sulamericana. Esse cenário é propicio para que mudanças nas condições da subducção modifiquem o tipo de magma, as condições nas fontes, e permita a reciclagem de materiais supracrustais. Essa complexa história magmática pode ser estudada na Cordilhera Central da Colômbia, onde afloram uma série de rochas graníticas meso-cenozóicas, sendo que esses corpos magmáticos estão próximos entre si e foram acrescidos à cadeia em três períodos do tempo: Jurássico (Batólito de Ibagué), Cretáceo (Stock de Mariquita) e Eoceno (Stock do Hatillo). Para entender a dinâmica da formação da cadeia pretende-se estudar a evolução destes corpos mediante a utilização de métodos de geoquímica isotópica tais como U-Pb e Hf em zircão. Os diferentes métodos combinados fornecerão elementos para entender a evolução geodinâmica da cadeia orogênica dos Andes na Colômbia, com implicações gerais relacionadas ao crescimento crustal nos Andes do Norte e a identificação de pulsos magmáticos de diversas fontes relacionadas com a dinâmica das zonas de subducção. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BUSTAMANTE, CAMILO; ARCHANJO, CARLOS J.; CARDONA, AGUSTIN; BUSTAMANTE, ANDRES; VALENCIA, VICTOR A. U-Pb Ages and Hf Isotopes in Zircons from Parautochthonous Mesozoic Terranes in the Western Margin of Pangea: Implications for the Terrane Configurations in the Northern Andes. JOURNAL OF GEOLOGY, v. 125, n. 5, p. 487-500, SEP 2017. Citações Web of Science: 5.
BUSTAMANTE, CAMILO; ARCHANJO, CARLOS J.; CARDONA, AGUSTIN; VERVOORT, JEFFREY D. Late Jurassic to Early Cretaceous plutonism in the Colombian Andes: A record of long-term arc maturity. GEOLOGICAL SOCIETY OF AMERICA BULLETIN, v. 128, n. 11-12, p. 1762-1779, NOV 2016. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.