Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura e diversidade da família Lauraceae na Mata Atlântica do Parque Estadual da Serra do Mar, São Paulo, Brasil

Processo: 11/15892-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fitogeografia
Pesquisador responsável:Marco Antonio de Assis
Beneficiário:Vitor de Andrade Kamimura
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Floresta ombrófila densa   Lauraceae

Resumo

O estudo acerca da composição florística e estrutura fitossociológica é uma importante ferramenta para a caracterização de comunidades vegetais, e uma análise apropriada dos padrões de distribuição e riqueza de suas espécies. No estado de São Paulo os levantamentos do componente arbóreo da Floresta Ombrófila Densa foram alvos de muitos trabalhos na ultima década. Entretanto, apesar de um grande volume de dados produzidos para a formação florestal, figuram poucas análises mais específicas e aprofundadas da contribuição florística e importância estrutural de suas famílias mais expressivas como Myrtaceae, Fabaceae, Rubiaceae e Lauraceae. Deste modo, o presente estudo que se insere no contexto de um amplo projeto que visa avaliar a composição florística, estrutura e funcionamento da Floresta Ombrófila Densa Atlântica dos Núcleos Picinguaba e Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar (FAPESP/Biota 10/50811-7 e 03/12595-7), apresenta como objetivo principal a análise da composição florística e estrutural da família Lauraceae em um gradiente altitudinal da Floresta Ombrófila Densa no estado São Paulo. Para tal, serão compilados os dados de quinze levantamentos (15 hectares) realizados para o componente arbóreo do Parque Estadual da Serra do Mar nas diferentes fisionomias, avaliando a riqueza, diversidade e importância estrutural da família na comunidade. Pretende-se averiguar, também, a distribuição espacial de suas espécies, bem como as relações de similaridade florística da família ao longo desse gradiente altitudinal por meio de análises multivariadas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
KAMIMURA, VITOR DE ANDRADE; RODRIGUES DE MORAES, PEDRO LUIS; RIBEIRO, HENRIQUE LAUAND; JOLY, CARLOS ALFREDO; ASSIS, MARCO ANTONIO. Tree diversity and elevational gradient: The case of Lauraceae in the Atlantic Rainforest. FLORA, v. 234, p. 84-91, SEP 2017. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
KAMIMURA, Vitor de Andrade. Estrutura e diversidade da família Lauraceae na Mata Atlântica do Parque Estadual da Serra do Mar, São Paulo, Brasil. 2014. 95 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.