Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito das doenças crônico degenerativas diabetes melittus tipo 2 e hipertensão arterial na musculatura do sistema estomatognático: avaliação da função mastigatória, ultrassonográfica, qualidade de vida e hábito alimentar

Processo: 12/00897-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Simone Cecilio Hallak Regalo
Beneficiário:Tânia de Freitas Borges
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Mastigação   Músculos mastigatórios   Qualidade de vida   Ultrassonografia   Eletromiografia   Sistema estomatognático   Morfologia dentária

Resumo

Considerando-se relevante a influência da musculatura na funcionalidade do sistema estomatognático, busca-se com este trabalho realizar uma avaliação do comportamento e atuação da musculatura mastigatória frente ao diabetes mellitus e hipertensos. Este estudo tem como objetivo comparar a atividade eletromiográfica, a espessura dos músculos masseter e temporal, a força de mordida e a eficiência mastigatória entre indivíduos saudáveis e indivíduos portadores de diabetes mellitus tipo 2, hipo e hipertensão arterial. A atividade eletromiográfica será avaliada utilizando o eletromiógrafo Myosystem BR-1. Para a análise da espessura muscular serão adquiridas imagens dos músculos masseter e temporal no repouso e na contração voluntária máxima utilizando o aparelho de ultrassom SonoSite Titan. A força de mordida molar máxima direita e esquerda será obtida por meio do dinamômetro digital Kratos e a eficiência mastigatória será analisada por meio das pastilhas "beads" na mastigação do lado direito, lado esquerdo e habitual. Também será considerado a condição de saúde bucal, aspectos sócio-econômicos e hábitos alimentares. Os resultados deste trabalho irão permitir a avaliação integral do sistema estomatognático do ponto de vista morfológico e funcional nos indivíduos diabéticos, tipo2; hipo e hipertensos facilitando diagnósticos e prognósticos, o que trará contribuições para a escolha mais adequada dos tratamentos odontológicos nesses indivíduos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)