Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da morfometria e população de enterócitos e células caliciformes da mucosa enterica de frangos de corte suplementados com glutamina e ácido glutâmico na dieta

Processo: 12/10936-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Márcia Regina Fernandes Boaro Martins
Beneficiário:Giovanni Silva Prado
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Aves   Aditivos   Intestinos   Biometria

Resumo

Um experimento será conduzido no setor de avicultura da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", na FMVZ/Campus de Botucatu, com o objetivo de avaliar o efeito da glutamina, ácido glutâmico e associação da glutamina e ácido glutâmico (aminogut) em dietas para frangos de corte sobre a morfometria da mucosa entérica e a contagem do número de enterócitos e células caliciformes, além do desempenho animal. Serão alojados 340 pintos de um dia de idade, machos, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado com 4 tratamentos e 5 repetições de 17 aves por unidade experimental. Os tratamentos serão: 1- Ração Basal (sem inclusão de nenhum aditivo); 2- Ração basal com 1,0% de glutamina; 3- Ração basal com 1,0% de ácido glutâmico; 4- Ração basal com 2,0% de aminogut (produto com associação de glutamina e ácido glutâmico. Aos 42 dias de idade, serão abatidas 60 aves para a coleta de material a ser avaliado. Posteriormente será retirado todo o trato gastrointestinal das aves, os quais serão esvaziados e identificados os intestinos delgados, grosso e cecos. Os segmentos serão pesados, com auxílio de balança semi-analítica e medidos com auxílio de fita métrica. Para as análises morfométricas do epitélio serão coletados segmentos do duodeno, jejuno e íleo, de cinco aves por tratamento, os quais serão abertos e lavados com água destilada e fixados em solução de formalina tamponada a 10% por 24 horas. Em seguida, os segmentos serão submetidos aos procedimentos de rotina histológica e corados por Tricrômico de Masson e as avaliações serão realizadas com auxílio do microscópio óptico. Serão realizadas 10 medidas de cada lâmina estudada, totalizando 600 medidas. Em seguida, será feita a contagem do número de células caliciformes e enterócitos em 10 campos diferentes dos diferentes tratamentos, totalizando 600 contagens. Ao final de cada fase de criação, serão avaliados os dados de desempenho (ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar e viabilidade). Sendo assim, o presente trabalho tem por objetivo avaliar o desempenho e a morfometria da mucosa entérica, bem como verificar a população de células caliciformes e enterócitos na mucosa intestinal de frangos de corte, quando estes forem suplementados com glutamina, ácido glutâmico e aminogut.