Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito dos óleos de linhaça e de oliva em comparação ao óleo mineral no tratamento da constipação intestinal de pacientes com doença renal crônica em hemodiálise

Processo: 12/06605-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Pesquisador responsável:Lilian Cuppari
Beneficiário:Christiane Ishikawa Ramos
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Óleos minerais   Constipação intestinal   Óleo de linhaça   Insuficiência renal crônica   Nefrologia

Resumo

ResumoIntrodução: A constipação é um sintoma gastrointestinal de importante morbidade. O tratamento primário baseia-se na adoção de dietas ricas em fibras, líquidos e na prática de atividade física. Porém, quando este não é eficiente, o uso de laxantes faz-se necessário. A prevalência deste sintoma nos portadores de doença renal crônica (DRC), especialmente nos em hemodiálise (HD), é maior do que na população geral, uma vez que apresentam grande número de fatores de risco como restrição de líquidos e potássio (o que leva à redução da ingestão de fibras), uso freqüente de quelantes de fósforo, além do sedentarismo, idade avançada e comorbidades. O óleo mineral é geralmente utilizado para tratar a contipação, mas é um derivado de petróleo e não é absorvido. Os óleos alimentares, como o de linhaça e o de oliva, possuem propriedades funcionais e agregam valor calórico, assim podem constituir uma alternativa mais saudável para o tratamento da constipação destes pacientes, porém ainda não foram testados. Objetivo: Investigar o efeito dos óleos de linhaça e de oliva em comparação ao óleo mineral no tratamento da constipação intestinal dos pacientes com DRC em HD. Metodologia: O estudo duplo-cego, randomizado, controlado será conduzido por 4 semanas. Um total de 50 pacientes em programa crônico de HD, idade superior a 18 anos e diagnostico de constipação confirmado pelo critério Roma III, serão avaliados. Os pacientes serão divididos aleatoriamente em 3 grupos: grupo óleo mineral (controle), grupo óleo de linhaça e grupo óleo de oliva. A dose diária inicial de cada óleo será de 4ml e poderá ser ajustada de acordo com a resposta do paciente, avaliada por meio da escala de Bristol adaptada. Após a intervenção o questionário Roma III será reaplicado.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RAMOS, CHRISTIANE ISHIKAWA; ANDRADE DE LIMA, ALINE FATIMA; GRILLI, DANIELA GIMENES; CUPPARI, LILIAN. The Short-Term Effects of Olive Oil and Flaxseed Oil for the Treatment of Constipation in Hemodialysis Patients. JOURNAL OF RENAL NUTRITION, v. 25, n. 1, p. 50-56, JAN 2015. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.