Busca avançada
Ano de início
Entree

A socioeconomia do manejo comunitário e familiar das sementes florestais nas cabeceiras do rio Xingu, Mato Grosso

Processo: 12/10142-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Pesquisador responsável:Edson José Vidal da Silva
Beneficiário:Danilo Ignacio de Urzedo
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/23464-0 - As sementes florestais tropicais na economia rural comunitária do rio Xingu na Amazônia Brasileira, BE.EP.MS
Assunto(s):Desenvolvimento rural   Cadeia produtiva

Resumo

O presente estudo tem como objetivo avaliar o manejo comunitário e familiar de sementes florestais como uma alternativa de desenvolvimento socioeconômico frente à análise da estrutura de governança e redes sociais, assim como, de aspectos financeiros e os benefícios socioambientais proporcionados às comunidades de coletores de sementes florestais localizadas nas cabeceiras do rio Xingu no Estado do Mato Grosso. Dos 11 núcleos de coletores que compõem a Rede de Sementes do Xingu (RSX) serão estudados três núcleos considerados como modelos. A rede social será avaliada frente relações comunitárias, aspectos organizacionais e produtivos (coleta, beneficiamento, armazenamento). Os benefícios socioambientais serão analisados, por meio do indicador de subsistência rural sustentável envolvendo os efeitos da produção de sementes florestais no fator natural, físico, social, financeiro e humano. Os aspectos financeiros serão analisados comparativamente com as demais atividades produtivas adotadas pelas comunidades, utilizando os critérios de avaliação econômica VPL, TIR, razão benefício-custo e custo de oportunidade. A estrutura de governança envolverá o controle jurídico execercido pela legislação de sementes florestais, assim como, a percepção política dos coletores a partir de uma abordagem orientada aos atores. Os dados coletados serão sistematizados e analisados quanto ao sucesso do sistema produtivo de acordo com indicadores econômicos, sociais e ambientais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
URZEDO, D. I.; VIDAL, E.; SILLS, E. O.; PINA-RODRIGUES, F. C. M.; JUNQUEIRA, R. G. P. Tropical forest seeds in the household economy: effects of market participation among three sociocultural groups in the Upper Xingu region of the Brazilian Amazon. ENVIRONMENTAL CONSERVATION, v. 43, n. 1, p. 13-23, MAR 2016. Citações Web of Science: 5.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
URZEDO, Danilo Ignacio de. Trilhando recomeços: A socioeconomia da produção de sementes florestais do Alto Xingu na Amazônia brasileira. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.