Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas morfológicas e moleculares do músculo esquelético de ratos idosos submetidos ao treinamento físico após estímulo atrófico

Processo: 11/14484-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 30 de novembro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Maeli Dal Pai
Beneficiário:Ivan José Vechetti Júnior
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/20183-0 - Papel do miR-1 na via de sinalização do mTORC1 no músculo estriado esquelético, BE.EP.DR
Assunto(s):Envelhecimento   Músculo esquelético   Sistema musculoesquelético   Sarcopenia   Regeneração muscular

Resumo

Pesquisas recentes avançam no entendimento dos mecanismos e das vias de sinalização envolvidas com os processos de recuperação da massa muscular na senilidade, utilizando-se diferentes estímulos. Esses estudos podem contribuir para o desenvolvimento de estratégias para atenuar ou bloquear a perda da massa muscular associada ao envelhecimento, como o treinamento físico. Neste contexto, vários fatores miogênicos e vias de sinalização que controlam a atividade das células satélites têm sido estudadas para melhor elucidar os eventos envolvidos nos processos de recuperação da massa muscular durante o envelhecimento. Dentre eles destacam-se os fatores de regulação miogênica (MRFs), os componentes da via hipertrófica (fator de crescimento semelhante à insulina (IGF-I), e a miostatina (MSTN), os quais têm sido descritos como potenciais mediadores do crescimento muscular. Desta forma, o objetivo do presente estudo será avaliar as respostas morfológicas e moleculares do músculo esquelético de ratos senis submetidos ao treinamento físico após estímulo atrófico. Para tanto, serão utilizados 64 ratos Wistar machos (18 meses), divididos em 8 grupos (n=8): C: Animais controle 1ª semana; I: Animais imobilizados 1ª semana; C3: Animais controles 3 dias; R3: Animais imobilizados e recuperados por 3 dias; T3: Animais imobilizados e submetidos a exercício por 3 dias; C7: Animais controles 7 dias; R7: Animais imobilizados e subsequentemente recuperados por 7 dias; T7: Animais imobilizados e subsequentemente submetidos a exercício por 7 dias. Inicialmente, os animais dos grupos I, R3, R7, T3 e T7, serão submetidos a um período de 7 dias de imobilização do membro traseiro. A atrofia muscular será confirmada após uma comparação estatística direta dos valores da área de secção transversal (AST) das fibras dos músculos estudados nos animais dos grupos I e C, sacrificados imediatamente após o período de imobilização. Em seguida, os grupos T3 e T7, serão submetidos a um programa de recuperação muscular com exercício aeróbio (natação) no período de 3 e 7 dias respectivamente. Os grupos C, C3 e C7 serão mantidos sem qualquer estímulo atrófico e não serão submetidos a exercício. Ao término do experimento os animais serão sacrificados e o músculo plantar removido e, posteriormente, submetido à análise morfológica, histoquímica, bioquímica e molecular. Os dados obtidos serão submetidos à análise estatística apropriada.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VECHETTI-JUNIOR, IVAN J.; BERTAGLIA, RAQUEL S.; FERNANDEZ, GEYSSON J.; DE PAULA, TASSIANA G.; DE SOUZA, RODRIGO W. A.; MORAES, LEONARDO N.; MARECO, EDSON A.; DE FREITAS, CARLOS E. A.; AGUIAR, ANDREO F.; CARVALHO, ROBSON F.; DAL-PAI-SILVA, MAELI. Aerobic Exercise Recovers Disuse-induced Atrophy Through the Stimulus of the LRP130/PGC-1 alpha Complex in Aged Rats. JOURNALS OF GERONTOLOGY SERIES A-BIOLOGICAL SCIENCES AND MEDICAL SCIENCES, v. 71, n. 5, p. 601-609, MAY 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.