Busca avançada
Ano de início
Entree

Nanomateriais teranósticos aplicados à problemática do câncer e estudos de nanotoxicidade

Processo: 12/11166-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2012
Vigência (Término): 20 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Valtencir Zucolotto
Beneficiário:Valéria Spolon Marangoni
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/13645-2 - Desenvolvimento de revestimentos utilizando membranas celulares naturais para a entrega especíca de nanopartículas ativas em MRI, BE.EP.DR
Assunto(s):Nanomedicina   Nanopartículas magnéticas   Nanopartículas metálicas

Resumo

Recentes avanços em nanociência e nanotecnologia têm expandido nossa habilidade para desenvolver nanoestruturas multifuncionais que combinem especificidade e funções terapeuticas e de diagnóstico em um único complexo nanoestruturado. Estes materiais, chamados de "teranósticos", têm se mostrado interessantes para diversas aplicações, principalmente no diagnóstico precoce e tratamento de doenças como câncer. A versatilidade destas estruturas baseadas em nanomateriais advém da possibilidade de incorporação de vários tipos de moléculas na superfície de uma única nanopartícula, fazendo com que desempenhem múltiplas funções. Desta maneira, o presente projeto de doutorado tem como objetivo desenvolver materiais nanoestruturados compostos por nanoparticulas ou nanorods metálicos e/ou magnéticos, polímeros e biomoléculas de reconhecimentos como aptâmeros ou anticorpos. Pretende-se, ainda, incorporar antitumorais a estas estruturas, permitindo que estas drogas sejam direcionadas especificamente para o tumor e liberadas pelo aquecimento provocado por magneto ou fototermia. Ênfase será dada ao entendimento das interações entre estes compostos por técnicas espectroscópicas, microscópicas e de calorimetria, visando a obtenção de sistemas com elevada estabilidade e propriedades bem definidas que são requeridas para aplicações em medicina. Estes nanocomplexos serão, ainda, avaliados quanto a sua toxicidade in vitro bem como sua especificidade e interação com diferentes tipos de células tumorais e saudáveis.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Novo método usa calor produzido pela luz no tratamento do câncer  
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (167 total)
Mais itensMenos itens

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MARANGONI, Valéria Spolon. Nanomateriais Teranósticos Aplicados à Problemática do Câncer e Estudos de Nanotoxicidade.. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.