Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação do ácido valproico e da tricostatina A na organização cromatínica e sua regulação por fatores epigenéticos em células HepG2 sob condições de hiperglicemia

Processo: 12/03238-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 30 de junho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Maria Luiza Silveira Mello
Beneficiário:Marina Barreto Felisbino
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/50015-6 - Estrutura e organização da cromatina com o envelhecimento e o diabetes frente a alterações induzidas em marcadores epigenéticos, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):14/10198-5 - Análise global do genoma (genome-wide) de células HepG2 tratadas com VPA sob condições de hiperglicemia, BE.EP.DR
Assunto(s):Ácido valproico   Cromatina   Hepatócitos   Hiperglicemia   Epigênese genética

Resumo

O diabetes mellitus (DM) designa um grupo de doenças crônicas em que a falta relativa ou absoluta de insulina leva a aberrações no metabolismo dos seus substratos, gerando complicações agudas e tardias. DM é uma das doenças globais não-transmissíveis mais comuns. É a quarta ou quinta causa de morte em nações desenvolvidas e onera a saúde pública em todas as sociedades. Por isso o DM é, ainda no século 21, um dos problemas de saúde mais desafiantes. É evidente que uma complexa interação entre fatores ambientais, nutricionais e genéticos atue na patogênese do diabetes, apontando para o papel do controle epigenético. Sabe-se que deacetilases de histonas (HDACs) estão envolvidas em várias vias biológicas relevantes para a etiologia e patogênese do DM. Nos últimos anos, a inibição de HDACs tem surgido como uma estratégia potencial para reverter mudanças epigenéticas associadas a várias doenças e muitas classes estruturalmente diversas de inibidores de HDACs (HDACis) têm sido identificadas. Tem sido relatado o papel de HDACi na prevenção do dano inflamatório nas células pancreáticas beta, assim como na melhoria da situação de resistência à insulina. Tendo em vista que o fígado é um órgão fundamental para o metabolismo de glicose e lipídios, trata-se de um ambiente importante para o estudo da ação de HDACis como o ácido valproico (VPA) e a tricostatina A (TSA) em condições de DM. Dessa forma, o foco do estudo, que será desenvolvido no modelo de células hepáticas (HepG2) sob condições de hiperglicemia, se concentra em alterações na estrutura da cromatina associadas a mudanças em marcas epigenéticas e no controle epigenético do gene FoxO1, fator de transcrição responsável pelo controle do metabolismo da glicose. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Drogas que modulam a expressão gênica são testadas em modelo de diabetes 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA COSTA, THIAGO ALVES; DI GANGI, ROSARIA; THOME, RODOLFO; FELISBINO, MARINA BARRETO; BONFANTI, AMANDA PIRES; WATANABE ISHIKAWA, LARISSA LUMI; SARTORI, ALEXANDRINA; BURGER, EVA; VERINAUD, LIANA. Severe Changes in Thymic Microenvironment in a Chronic Experimental Model of Paracoccidioidomycosis. PLoS One, v. 11, n. 10 OCT 13 2016. Citações Web of Science: 1.
FELISBINO, MARINA BARRETO; DA COSTA, THIAGO ALVES; VICCARI GATTI, MARIA SILVIA; SILVEIRA MELLO, MARIA LUIZA. Differential Response of Human Hepatocyte Chromatin to HDAC Inhibitors as a Function of Microenvironmental Glucose Level. Journal of Cellular Physiology, v. 231, n. 10, p. 2257-2265, OCT 2016. Citações Web of Science: 3.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.