Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma experiência de mobilização e resistência dos movimentos sociais no processo de planejamento urbano: o Projeto Nova Luz em São Paulo.

Processo: 12/07492-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional - Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional
Pesquisador responsável:Eduardo Alberto Cusce Nobre
Beneficiário:Fernando de Oliveira Amorim
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Participação social   Planejamento territorial urbano

Resumo

O acelerado processo de urbanização, associado ao crescimento demográfico e mobilidade social, conduz a grandes transformações do meio físico e social das cidades brasileiras, com crescente empobrecimento de parcela da população. Estas transformações são desencadeadas por processos de intervenções urbanas, por sua vez, permeado por relações entre diferentes grupos que atuam nas políticas públicas com interesses individuais e de grupos minoritários em detrimento do interesse da sociedade como um todo. Pode-se até mesmo afirmar que o capital imobiliário influencia o mercado imobiliário urbano, pois afeta o padrão de uso do solo urbano ao direcionar ações estatais na alocação espacial de meios de consumo coletivo e na dosagem de recursos financeiros disponíveis para os diferentes segmentos da sociedade. Desta forma, acaba por direcionar onde e como devem ser implantados os recursos públicos, gerando, na maioria das vezes, diferentes acessos a diferentes serviços, concretizando desigualdade sócio-espacial. Neste contexto, consideramos essencial a participação da sociedade civil organizada nos processos decisórios das políticas públicas, pois, do contrário, esta última permanecerá como útero de conflitos de grupos e interesses distintos com predomínio de benefícios para determinado grupo em detrimento da busca por equidade e bem-estar social. Dito posto, o presente projeto de pesquisa busca analisar as relações entre o Estado enquanto "superestrutura" e o cidadão envolto nas relações de classe social enquanto "estrutura", objetivando avaliar se há uma participação do cidadão no processo de planejamento urbano. A pesquisa pretende também problematizar a questão da participação social e analisar em que medida esta participação depende do grau de apreensão e compreensão por parte do cidadão do modo como se produz este mesmo espaço.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
AMORIM, Fernando de Oliveira. Uma experiência de mobilização e resistência dos movimentos sociais no processo de planejamento urbano: o Projeto Nova Luz em São Paulo. 2016. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.