Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização funcional de RNAs longos não codificadores envolvidos na ativação de genes regulados por andrógeno

Processo: 12/12005-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Sergio Verjovski Almeida
Beneficiário:Felipe Cesar Ferrarezi Beckedorff
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Genômica funcional   Neoplasias da próstata   Epigênese genética

Resumo

Trabalhos da última década têm revelado que uma porção significativa das mensagens transcritas em humanos é composta por RNAs não codificadores (ncRNA). Uma subclasse destes RNAs, denominada ncRNAs longos (lncRNAs), mapeia em regiões intrônicas e intergênicas, tendo sido demonstrado que possuem uma função regulatória na expressão gênica em situações normais e patológicas. De maneira geral, sua função regulatória envolve interações com complexos proteicos, especialmente complexos remodeladores da cromatina. Neste projeto, pretende-se caracterizar funcionalmente o envolvimento de lncRNAs na ativação da expressão gênica mediante estímulo do hormônio andrógeno, através de mecanismos epigenéticos. Já foi descrito que as demetilases JMJD2C e LSD1 interagem simultaneamente com o receptor de andrógeno, formando um complexo LSD1/JMJD2C/AR, e este complexo ativa a transcrição de genes andrógeno-dependente através da desmetilação do resíduo de lisina 9 da histona 3. Será caracterizado inicialmente um lncRNA intergênico (lincRNA), a montante do gene PSA, identificado por nosso grupo como expresso em LNCaP, regulado por andrógeno e ainda não caracterizado, denominado lincRNA-PSA. Faremos um estudo detalhado do possível envolvimento desse lincRNA-PSA no recrutamento do complexo JMJD2C/LSD1/AR para seu alvo (região promotora e enhancer do gene PSA), o que promoveria a ativação da transcrição de PSA. Em paralelo, mutantes de deleção do lincRNA-PSA e/ou PAR-CLIP (Photoactivatable-Ribonucleoside-Enhanced Crosslinking and Immunoprecipitation) serão usados para mapear as interações com seus alvos proteicos. Além disso, pretendemos identificar novos lncRNAs envolvidos nessa via epigenética de regulação por andrógeno. O conjunto de experimentos propostos pretende fornecer novas informações acerca dos mecanismos moleculares de regulação da expressão gênica envolvendo lncRNA, andrógeno e complexos remodeladores da cromatina.