Busca avançada
Ano de início
Entree

Metabolismo lipídico das glândulas pós-faríngeas em Atta sexdens rubropilosa (Forel, 1908) (Hymenoptera: Formicidae)

Processo: 12/12541-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Odair Correa Bueno
Beneficiário:Alexsandro Santana Vieira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Morfologia (anatomia)   Insetos   Hymenoptera

Resumo

As glândulas pós-faríngeas são exclusivas das formigas e ocorre apenas na fase adulta, localizadas na região frontal da cabeça, próximas ao cérebro, cuja morfologia em A. sexdens rubropilosa apresenta-se em dois cachos de lobos ramificados que terminam em uma estrutura sacular que se estreita num canal levemente quitinizado. A função da glândula pós-faríngea é muito controversa, uma vez que alguns autores sugeriram que elas seriam responsáveis pela alimentação das larvas, para outros autores elas funcionariam como um divertículo do trato digestório, e/ou elas teriam função de cecos cefálicos ou gástricos, ou, ainda, elas teriam a função de misturar hidrocarbonetos exógenos e endógenos, além disso, o seu conteúdo glandular seria importante na organização da colônia e na determinação de castas. Sabe-se que ocorre acúmulo de gotas lipídicas intracelulares no epitélio glandular, provenientes da alimentação, mas não se sabe sobre o metabolismo desses lipídios, quando presentes na glândula pós-faríngea. Outro fator importante é uma possível relação das lipoforinas com a glândula pós-faríngea, uma vez que as lipoforinas são responsáveis pelo transporte de lipídios nos insetos, poderiam elas carregar ácidos graxos de cadeias menores, ou, ainda, derivados lipídicos da glândula pós-faríngea para a hemolinfa. O presente trabalho tem por objetivo investigar o metabolismo lipídico das glândulas pós-faríngeas em operárias médias da formiga cortadeira Atta sexdens rubropilosa, submetidas ou não a uma dieta alimentar rica em lipídios, utilizando-se de técnicas para Microscopia Confocal de Varredura à Laser, Microscopia Eletrônica de Transmissão, Western Blotting, e Cromatografia de Camada Fina (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA, ALEXSANDRO S.; RAMALHO, MANUELA O.; MARTINS, CINTIA; MARTINS, VANDERLEI G.; BUENO, ODAIR C. Microbial Communities in Different Tissues of Atta sexdens rubropilosa Leaf-cutting Ants. Current Microbiology, v. 74, n. 10, p. 1216-1225, OCT 2017. Citações Web of Science: 5.
VIEIRA, A. S.; BUENO, O. C. Lipid Mobilization and Acyl-Coenzyme A Dehydrogenase Abundance in the Postpharyngeal Gland of a Leaf-Cutting Ant. Sociobiology, v. 63, n. 4, p. 1005-1014, DEC 2016. Citações Web of Science: 1.
DECIO, PAMELA; VIEIRA, ALEXSANDRO SANTANA; DIAS, NATHALIA BAPTISTA; PALMA, MARIO SERGIO; BUENO, ODAIR CORREA. The Postpharyngeal Gland: Specialized Organ for Lipid Nutrition in Leaf-Cutting Ants. PLoS One, v. 11, n. 5 MAY 5 2016. Citações Web of Science: 4.
VIEIRA, ALEXSANDRO SANTANA; BUENO, ODAIR CORREA. Mitochondrial and peroxisomal population in post-pharyngeal glands of leaf-cutting ants after lipid supplementation. Micron, v. 68, p. 8-16, JAN 2015. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.