Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento alimentar, mecanismo de tomada de alimento e caracterização da secreção das glândulas infralabiais de serpentes "Goo-eaters"(Dipsadidade:Dipsadinae)

Processo: 12/12587-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia
Pesquisador responsável:Hussam El Dine Zaher
Beneficiário:Michelle Vanessa Campagner Marques
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50206-9 - Origem e evolução das serpentes e a sua diversificação na região neotropical: uma abordagem multidisciplinar, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Dipsadinae   Proteoma   Venenos

Resumo

As "goo-eaters" são formadas por um grupo de dipsadíneos que se alimentam de invertebrados moles e viscosos (geralmente moluscos como lesmas e caramujos, e anelídeos). Além das especializações morfológicas e comportamentais envolvidas na malacofagia, o rápido manuseio de presas viscosas é provavelmente facilitado pela secreção das glândulas infralabiais. A imobilização da presa devido a absorção de tais secreções pela epiderme pode ser vantajosa, pois facilitaria a ingestão, reduzindo os riscos associados a alimentação. O objetivo geral deste estudo será caracterizar detalhadamente o comportamento alimentar, o mecanismo de tomada de alimento e a composição da secreção das glândulas infralabiais das goo-eaters Atractus reticulatus, Dipsas albifrons, Sibynomorphus mikanii e S. neuwiedi. O estudo do comportamento alimentar e o mecanismo de tomada de alimento será analisado por meio do uso de técnicas de filmagens quadro a quadro em alta velocidade. Serão analisados os deslocamentos realizados pelo aparelho trófico de cada espécie de serpente e tempo de manipulação da presa. Para a caracterização da secreção proveniente das glândulas infralabiais serão testados diferentes métodos de extração e serão utilizadas técnicas para a purificação das secreções obtidas, verificação da presença de proteases e técnicas de proteômica e peptidômica. As relações existentes entre a função do aparelho trófico e o produto das glândulas infralabiais dos Dipsadinae pode fornecer informações acerca das substâncias bio-ativas utilizadas pelo animal na contenção de suas presas e os relacionamentos filogenéticos existentes entre as serpentes deste grupo.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZAHER, HUSSAM; DE OLIVEIRA, LEONARDO; GRAZZIOTIN, FELIPE G.; CAMPAGNER, MICHELLE; JARED, CARLOS; ANTONIAZZI, MARTA M.; PRUDENTE, ANA L. Consuming viscous prey: a novel protein-secreting delivery system in neotropical snail-eating snakes. BMC Evolutionary Biology, v. 14, MAR 25 2014. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.