Busca avançada
Ano de início
Entree

Proteínas co-repressoras e co-ativadoras dos receptores dos hormônios tireoidianos e suas interações com estes receptores: estudos estruturais

Processo: 03/07416-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2004
Vigência (Término): 30 de junho de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Igor Polikarpov
Beneficiário:Pedro Hevia Paez
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:99/03387-4 - Estudos estruturais de proteínas usando luz síncrotron, AP.TEM
Assunto(s):Receptores citoplasmáticos e nucleares   Receptores dos hormônios tireóideos   Cristalografia de proteínas

Resumo

A superfamília de receptores nucleares representa o maior classe de fatores de transcrição de eucariotos, cujos membros mediam transmissão de sinais celulares em uma grande variedade de sistemas fisiológicos. Neste projeto nos propomos determinar a base estrutural da interação especifica entre o receptor tireoidiano humano (hTR) e as proteínas co-ativadoras e as proteínas co-repressoras. Mais especificamente pretendemos utilizar as técnicas de cristalografia de proteínas, bem como espalhamento de raios-X a baixos ângulos, para estudar interações do receptor TR com o co-ativador GRIP-1 e a proteína co-repressora N-CoR. Entendemos que os objetivos aqui propostos são de grande dificuldade e ambição, podendo ser, entretanto, de enorme valor científico. Seria possível mostrar-se a relação espacial entre os domínios do TR e as proteínas co-ativadoras e co-repressoras, as superfícies da ligação e provavelmente, as mudanças conformacionais associadas ao isso. É importante ressaltar que o entendimento do funcionamento dos receptores nucleares, tem enorme importância científica e aplicada, e não será completo, sem que se entenda as interações destes com as proteína co-ativadoras e co-repressoras. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.