Busca avançada
Ano de início
Entree

A interação de três ondas e turbulência eletrostática em tokamaks

Processo: 08/00054-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Pesquisador responsável:Iberê Luiz Caldas
Beneficiário:Jose Danilo Szezech Jr
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/54000-0 - Dinâmica não-linear, AP.TEM
Assunto(s):Dinâmica não linear

Resumo

A formação de estados turbulentos é um fenômeno comum no cotidiano das pessoas, sendo caracterizados por comportamentos não regulares e estocásticos. Como exemplos de tais estados poderiamos citar a dispersão da fumaça de cigarro, a mistura de ar frio e quente na atmosfera ou o fluxo de água através dos pilares das pontes. Apesar dos célebres trabalhos desenvolvidos por Kolmogorov, para a descrição de estados turbulentos plenamente desenvolvidos, ainda não há um consenso sobre o exato mecanismo que inicia a turbulência. Neste trabalho nos propomos a investigar como ocorre a origem de estados turbulentos a modelos que são aplicados a plasma. Mais especificamente, analisaremos os mecanismos de início da turbulência devido a ondas de deriva nas bordas do plasma de tokamaks. Para tal, iniciaremos com o estudo espaço-temporal da interação de três ondas baseado no modelo introduzido por Hasegawa-Mima. Investigaremos ainda qual é o exato mecanismo para o início de turbulência no modelo. Feito isso, analisaremos o efeito do acréscimo de uma quarta onda no início de estados turbulentos.